Queda do avião da Chapecoense

Futebol Conmebol cancela final depois de acidente com Chape

Conmebol cancela final depois de acidente com Chape

Time catarinense enfrentaria o Atlético Nacional nesta quarta-feira (30), em Medellín

  • Futebol | Do R7

Pouco depois do grave acidente com o avião da Chapecoense, a Conmebol emitiu um comunicado confirmando que cancelou a final da Copa Sul-Americana. O time catarinense enfrentaria o Atlético Nacional, em Medellín, nesta quarta-feira (30), no Atanasio Girardot.

A aeronave partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, sob o número de identificação CP2933. A equipe fez escala no país depois de ter deixado São Paulo por volta das 15h35, horário local. O avião transportava 81 pessoas sendo 48 membros da Chapecoense, 21 jornalistas e três convidados. Por enquanto, há apenas a informação de que três atletas chegaram conscientes ao hospital. Não há informações de feridos ou mortos.

Além da final da Sul-Americana, a Conmebol também cancelou qualquer tipo de atividade ou competição sob sua bandeira. Em um comunicado com bastante cauteloso, a entidade lamentou o ocorrido em nota assinada pelo presidente Alejandro Domínguez.

Por outro lado, a Chapecoense utilizou as redes sociais para dizer que, "em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalisticas", a Chapecoense "reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota oficial sobre o acidente."

Adversário dentro de campo, claro, o Atlético Nacional também manifestou sua solidariedade com o time catarinense. A equipe mandante da partida também espera informações das autoridades colombianas. A primeira partida seria disputada em Medellín e, daqui uma semana, no Couto Pereira, em Curitiba.

Últimas