Seleção brasileira

Futebol Com reforços olímpicos, Tite convoca seleção para Eliminatórias

Com reforços olímpicos, Tite convoca seleção para Eliminatórias

Dani Alves, Arana, Claudinho, Bruno Guimarães e Matheus Cunha ganharam chances para as partidas contra Chile, Argentina e Peru

  • Futebol | Pietro Otsuka, do R7

Brasil enfrenta Chile, Argentina e Peru pelas Eliminatórias da Copa

Brasil enfrenta Chile, Argentina e Peru pelas Eliminatórias da Copa

Lucas Figueiredo/Divulgação/CBF - 2/7/2021

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira (13) os convocados para os jogos contra Chile, Argentina e Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A lista do Brasil trouxe novidades importantes que se destacaram na conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, como Guilherme Arana, Daniel Alves, Matheus Cunha, Bruno Guimarães, Claudinho e Richarlison, artilheiro da Olimpíada, mas que já era figura frequente nas convocações da seleção principal.

"A gente busca sempre concorrência de performance. Quando temos a integração com as categorias de base há uma similaridade de conduta ética, de ver futebol muito parecido. Fica o reconhecimento ao Jardine, ao Gustavo ao Paulo. Uma grande conquista. Aquele jovem que olha para a seleção e vê os exemplos dos profissionais fica muito importante", disse Tite sobre os atletas convocados que estiveram nos Jogos de Tóquio.

LEIA MAIS: Daniel Alves, multicampeão, chega a 42 títulos com o ouro em Tóquio

Fora os reforços olímpicos, a convocação manteve a base que foi vice-campeã da Copa América há um mês. Everton Ribeiro e Gabigol, em ótima fase no Flamengo, ganham mais uma chance. Raphinha, do Leeds United (Inglaterra), e Lucas Veríssimo, do Benfica (Portugal), receberam a oportunidade de servir a seleção pela primeira vez. Veríssimo até chegou a ser convocado antes da Copa América, mas acabou sendo cortado por lesão.

O Brasil atualmente lidera as Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar, em 2022. Com seis vitórias em seis jogos, a seleção brasileira tem 18 pontos, seis a mais que a Argentina, segunda colocada, com 12. Equador e Uruguai completam o G4, com nove e oito pontos, respectivamente.

A equipe de Tite encara o Chile, no dia 2 de setembro, às 22h, no Monumental. Três dias depois, o Brasil recebe a Argentina, algoz da final da Copa América, na Neo Química Arena, às 16h. Já no dia 9, a seleção encara o Peru, ainda em solo brasileiro, às 21h30.

Veja a lista completa

Goleiros

Ederson (Manchester City - Inglaterra)
Alisson (Liverpool - Inglaterra)
Weverton (Palmeiras - Brasil)

Defensores

Thiago Silva (Chelsea - Inglaterra)
Marquinhos (PSG - França)
Dani Alves (São Paulo - Brasil)
Éder Militão (Real Madrid - Espanha)
Lucas Veríssimo (Benfica - Portugal)
Danilo (Juventus - Itália)
Alex Sandro (Juventus - Itália)
Guilherme Arana (Atlético-MG - Brasil)

Meio-campistas

Casemiro (Real Madrid - Espanha)
Bruno Guimarães (Lyon - França)
Claudinho (Zenit - Rússia)
Fabinho (Liverpool - Inglaterra)
Everton Ribeiro (Flamengo - Brasil)
Fred (Manchester United - Inglaterra)
Lucas Paquetá (Lyon - França)

Atacantes

Neymar Jr (PSG - França)
Raphinha (Leeds - Inglaterra)
Matheus Cunha (Hertha Berlim - Alemanha)
Roberto Firmino (Liverpool - Inglaterra)
Gabigol (Flamengo - Brasil)
Gabriel Jesus (Manchester City - Inglaterra)
Richarlison (Everton - Inglaterra)

Lukaku deixa Neymar para trás e se torna jogador mais caro da história

Últimas