Com mistério, Ceará recebe Fluminense em duelo direto na luta contra o descenso

O técnico Adílson Batista permitiu que a imprensa acompanhasse o último treino do Ceará na preparação para encarar o Fluminense por apenas 15 minutos. A precaução se deve pelo peso do confronto desta quarta-feira, às 21h30, no Castelão, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro. É certo, porém, que o atacante Bergson será titular.

"O Bergson ganhou confiança e inicia o jogo. Pelo fruto do trabalho, pelo posicionamento, por saber ocupar um espaço importante. Tem presença. Como o Fellipe Cardoso... Pensei em colocar os dois contra o Vasco", explicou Adílson.

Se Bergson está garantido, o zagueiro Thiago Alves - com uma pancada no joelho -, o meia Juninho Quixadá - com desgaste nos membros inferiores - e o meia-atacante Lima - com conjuntivite - seguem de fora.

O Ceará ocupa a 15ª colocação com os mesmos 30 pontos do Fluminense, o 16º. O clube nordestino leva vantagem no saldo de gols (-2 a -10). O Cruzeiro abre a zona de rebaixamento com 29 pontos. "Acredito em um jogo acirrado, disputado. O Fluminense tem seus objetivos assim como nós. Sabemos da importância e do que representa o jogo", analisou o comandante.

Como mandante, o Ceará somou 22 pontos dos seus 30 no Brasileirão. E Adílson aposta na força da torcida para garantir mais um resultado positivo. O clube vem de duas partidas invicto em casa. "É um jogo importante e a torcida do Ceará é calorosa e eu espero a ajuda deles nesse grande jogo, de muita responsabilidade", finalizou.