Campeonato Brasileiro

Futebol Com gol no final, São Paulo vence o Bahia por 1 a 0 e respira

Com gol no final, São Paulo vence o Bahia por 1 a 0 e respira

Time paulista dominou as ações, trocou mais passes e conseguiu a vitória com com gol de Liziero, nos acréscimos

  • Futebol | Filipe Siqueira, do R7

Times não marcaram em jogo no Morumbi

Times não marcaram em jogo no Morumbi

RONALDO BARRETO/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO - 10.07.2021

O São Paulo venceu o Bahia por 1 a 0, em confronto movimentado no Morumbi, válido pela 11º rodada do Brasileirão.

O resultado do jogo disputado neste sábado (10) ajudou a equipe paulista a respirar e se distanciar um pouco da zona de rebaixamento — o time agora ocupa a 14º colocação. Já o Bahia permaneceu em 6º, fora do G4.

Nos dois tempos, o São Paulo ocupou mais o campo adversário e pressionou com mais volume de jogo, mas foi o Bahia que teve as melhores oportunidades, principalmente em chute de longe sem goleiro e outro que bateu na trave.

O primeiro tempo foi movimentado. O São Paulo dominou as ações e controlou o meio de campo, mas as chances mais claras de gol foram do Bahia.

Logo aos 12', o volante Patrick de Lucca recebe uma bola açucarada de Gilberto e finaliza. Volpi, totalmente fora do lance, só observou enquanto Diego tirou dde cabeça para evitar o primeiro do Bahia.

Três minutos depois, o próprio Volpi faz boa defesa no chute de Thaciano, que concluiu uma boa troca de passes do time baiano.

O São Paulo respondeu aos 16': Gabriel Sara chutou forte de fora da área, mas a bola saiu à direita do gol de Matheus Teixeira, que só acompanhou.

O time paulista começou a dominar a partida e teve algumas boas chances após os 25'. A primeira com Vitor Bueno, que bem posicionado para chutar, acabou acertando o zagueiro Ligger, na meia-lua.

Cinco minutos depois, Talles teve a chance de acertar uma cabeçada quase na pequena área, mas não alcançou. A bola sobrou para Reinaldo, que chutou para fora.

A estratégia do Bahia de chamar o São Paulo para tentar aproveitar os contra-ataques não funcionava tão bem. O time errava muito na saída de bola e acabava sofrendo mais pressão do que gostaria.

E foi o Bahia que teve outra grande oportunidade no jogo. Thaciano dominou e chutou de muito longe. A bola muito muito forte acertou a meta são-paulina.

Segundo tempo quase igual

A etapa complementar seguiu o mesmo roteiro: o tricolor dominava a maiora das ações com bons toques de bola, mas não conseguia criar as chances mais claras do jogo.

Logo aos 10', o lateral Igor Vinícius cruza forte após corrida e obriga boa defesa do goleiro baiano.

As equipes promoveram substituições para tentar manter o ritmo. O São Paulo pressionava mais e tentava furar a estratégia defensiva do Bahia, que esperava boas oportunidades de contra-ataque.

O São Paulo conseguiu o gol no final, já nos acréscimos, aos 46'. Liziero recebeu cruzamento de Reinaldo e empurrou pras redes de cabeça. após se infiltrar na área.

Após levar o gol, o Bahia ainda tentou pressionar, no abafa, mas sem muita efetividade.

O São Paulo volta a campo pelo Brasileirão no próximo sábado, contra o Fortaleza, também em casa. Já o Bahia enfrenta o Flamengo no domingo, em Salvador.

SÃO PAULO 1 X 0 BAHIA
Local: Estádio do Morumbi
Data e horário: 10 de julho de 2021, às 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS), Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Thiago Duarte Peixoto (SP)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: Jonas (BAH)
Gols: Liziero (46'2ºT) (1-0)

SÃO PAULO
Volpi; Diego Costa, Arboleda e Léo; Igor Vinícius (Benítez, aos 24'/2ºT), Liziero, Talles (Igor Gomes, aos 32'/2ºT), Gabriel Sara e Reinaldo; Vitor Bueno (Marquinhos, aos 32'/2ºT) e Pablo (Galeano, aos 14'/1ºT). Técnico: Hernán Crespo

BAHIA
Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Ligger e Matheus Bahia; Thaciano (Maycon Douglas, aos 38'/2ºT), Jonas e Patrick de Lucca (Matheus Galdezani, aos 25'/2ºT); Rodriguinho (Thonny Anderson, aos 25'/2ºT), Rossi (Óscar Ruíz, aos 38'/2ºT) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti

LEIA ABAIXO: Veja os convocados para defender o ouro olímpico do Brasil

Últimas