Campeonato Brasileiro

Futebol Com gol anulado no fim, Inter só empata com o Corinthians e é vice

Com gol anulado no fim, Inter só empata com o Corinthians e é vice

Edenilson marcou nos acréscimos, mas foi flagrado em posição de impedimento. Colorado precisava apenas vencer para ser campeão

  • Futebol | Felippe Scozzafave, do R7

Internacional não conseguiu furar retranca do Corinthians e perdeu chance de título

Internacional não conseguiu furar retranca do Corinthians e perdeu chance de título

Fernando Alves/TheNews2/Folhapress 25.02.21

O São Paulo fez a sua parte, ao vencer o Flamengo no Morumbi. Mas o Inter não. Mesmo contra um desinteressado Corinthians, que já não brigava por mais nada no Brasileirão, o Colorado não conseguiu vencer e, com o 0 a 0, na noite desta quinta-feira (25), no Beira-Rio, ficou um ponto atrás do Flamengo, campeão brasileiro de 2020.

O time gaúcho até marcou no fim, com Edenilson, mas o gol foi anulado por impedimento. No primeiro tempo, Yuri Alberto também marcou, mas também em posição ilegal.

O clube então encerra o torneio com 70 pontos, contra 71 do Rubro-Negro. O time paulista, com 51, termina na modesta 11ª colocação.

COSME: O Corinthians fez o Flamengo bicampeão do Brasil

Com o fim do Brasileirão, nenhum dos dois times terá um período de descanso, já que os estaduais começam já neste final de semana. E enquanto o Corinthians estreia no Campeonato Paulista no domingo (28), contra o Red Bull Bragantino, o Inter só joga na segunda (29), ao encarar o Juventude na rodada inaugural do Gauchão.

VAR 'brilha' no primeiro tempo
O personagem principal da etapa inicial foi o VAR. Primeiro aos 30, quando o árbitro Wilton Pereira Sampaio marcou pênalti para o Inter. Moisés cruzou, a bola supostamente raspou no braço de Ramiro e o juiz marcou. Após uma longa revisão do VAR, porém, a marcação foi anulada.

Aos 44, o aparato tecnológico voltou a aparecer. Patrick acertou belo passe, e Yuri Alberto mostrou categoria para mandar apra as redes. Pela marcação de campo, o gol estava confirmado. Na revisão, porém, o atacante do Inter foi flagrado em impedimento.

No mais, o jogo foi bem parado. A única boa chance do Corinthians foi um chute de Ramiro, aos 26. A bola passou perto do gol.

Inter pressiona
Na volta para a segunda etapa, sabendo da desvantagem do Flamengo no jogo do Morumbi, o Inter foi para cima. E quase marcou aos 4. Heitor cruzou na medida e Edenilson cabeceou forte. Cássio fez uma grande defesa e manteve o jogo empatado. No rebote, Yuri Alberto acertou a trave.

Os gaúchos seguiram pressionando. Aos 18, Caio Vidal arriscou de fora da área e a bola explodiu na trave.

O tempo foi passando, e o Inter, mesmo com as várias mudanças de Abel Braga, foi perdendo o fôlego. E o Corinthians passou a ter mais espaço nos contra-ataques. Aos 32, Léo Natel fez jogada pela direita e cruzou. Jô, um pouco atrasado, não conseguiu alcançar.

A principal arma do time gaúcho era a bola aérea. Aos 37, após cobrança de escanteio, Lucas Ribeiro subiu muito e cabeceou perto do gol.

Gol! Mas não valeu...
Com os 7 minutos de acréscimo, o Inter ainda tentou pressionar, e chegou a marcar com Edenilson, mas o impedimento foi marcado. E o Colorado ficou com o vice do Brasileirão!

INTERNACIONAL 0 X 0 CORINTHIANS

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 25/2/2021 - 21h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO)
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Fábio Santos e Cantillo (COR)
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor (Lucas Mazetti, aos 33'/2ºT), Lucas Ribeiro, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado (Rodrigo Lindoso, aos 40'/1ºT), Edenílson, Praxedes (Thiago Galhardo, aos 24'/2ºT) e Patrick; Caio Vidal (Peglow, aos 33'/2ºT) e Yuri Alberto (Abel Hernández, aos 24'/2ºT). Técnico: Abel Braga.
CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez (Marllon, aos 36'/2ºT), Jemerson, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Camacho, aos 31'/2ºT), Ramiro (Xavier, aos 31'/2ºT) e Roni (Mateus Vital, aos 26'/2ºT); Otero (Léo Natel, aos 26'/2ºT) , Cazares e Jô. Técnico: Vagner Mancini.

Bi do Flamengo teve mudança de Ceni e craques voltando a brilhar

Últimas