Libertadores

Futebol Com festa da torcida, Flamengo goleia o Defensa e vai às quartas

Com festa da torcida, Flamengo goleia o Defensa e vai às quartas

Em Brasília, Rubro-Negro joga bem, supera susto após falha de Diego Alves e agora espera por Inter ou Olímpia na próxima fase

  • Futebol | Felippe Scozzafave, do R7

Jogadores do Flamengo comemoram gol na vitória para cima do Defensa y Justicia

Jogadores do Flamengo comemoram gol na vitória para cima do Defensa y Justicia

Adriano Machado/EFE 21.07.21

Foram 497 dias de espera. Mas o torcedor do Flamengo finalmente voltou a ver o time vencer no estádio. Com muitos gritos e apoio do começo ao fim das arquibancadas do Mané Garrincha, o Rubro-Negro goleou o Defensa y Justicia por 4 a 1, na noite desta quarta-feira (21), e se garantiu nas quartas de final da Libertadores.

O time agora aguarda o duelo de amanhã, entre Inter e Olímpia (PAR), para conhecer seu próximo adversário. No jogo de ida, no Paraguai, os times empataram em 0 a 0.

COSME: Fla goleia, supera o Defensa y Justicia. E a bobagem de Diego Alves

Início avassalador
O Fla iniciou em ritmo bastante forte e, após algumas chances perdidas, abriu o placar aos 8, em cabeçada de Rodrigo Caio, após escanteio batido por Everton Ribeiro.

Duelo teve torcedores nas arquibancadas

Duelo teve torcedores nas arquibancadas

Adriano Machado/EFE 21.07.21

O gol no início dava impressão que a equipe mais uma vez golearia seu adversário. Aos 15, Bruno Henrique mandou uma bola na trave. Pouco depois, Unsain fez grande defesa e impediu o gol de Gabigol. Aos 24, Arrascaeta bateu falta com categoria e a bola mais uma vez explodiu na trave.

Que isso, meu goleiro?
Os argentinos pouco tinham espaço para respirar em campo. Mas conseguiram o empate aos 39, em uma verdadeira lambança de Diego Alves. Após recuo, o goleiro foi tentar bater para a frente. Loaiza se jogou na frente da bola e marcou.

Na volta da segunda etapa, o jogo parecia ficar mais nervoso, principalmente pelo fato de que, se o Defensa fizesse mais um gol, era ele o classificado. E o Flamengo demorou a se encontrar em campo.

Renato mexe e reservas resolvem
O domínio veio a partir dos 18, quando Michael entrou em campo. Logo em seu primeiro lance, ele chutou, a bola explodiu no travessão e voltou na cabeça de Arrascaeta, que mandou para o gol.

A vantagem deu tranquilidade ao Rubro-Negro. E a estrela do técnico Renato Gaúcho voltou a brilhar. Ele colocou em campo Vitinho aos 35. Aos 37, gol de Vitinho, em chute de fora da área. O goleiro Unsain falhou feio e aceitou.

Já nos acréscimos, Vitinho ainda teve tempo de fazer mais um e dar números finais ao jogo.

Flamengo 4 x 1 Defensa y Justicia

Motivo: Oitavas de final da Libertadores
Data: 21 de julho de 2021 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Alejandro Molina (CHI) e Sebastián Vela (COL)
VAR: Cristian Garay (CHI)
Cartões amarelos: Gabigol, Everton Ribeiro, Diego (Flamengo); Frías, Paredes (Defensa)
Gols: Rodrigo Caio, aos 7min do primeiro tempo, Arrascaeta, aos 20min, e Vitinho, aos 37min e aos 49min do segundo tempo (Flamengo); Loaiza, aos 39min do primeiro tempo (Defensa)
Flamengo: Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Diego, Everton Ribeiro (Michael), Arrascaeta; Bruno Henrique (Vitinho) e Gabigol. Técnico: Renato Gaúcho
Defensa y Justicia: Unsain; Matías Rodríguez, Paredes, Frías, Cardona, Soto; Escalante (Merentiel), Loaiza, Rotondi (Lucas Barrios); Contreras, Walter Bou (Tripichio). Técnico: Sebastián Beccacece

Mais bem pago de 2020, McGregor ostenta iate de R$ 15 milhões

Últimas