Campeonato Paulista Miranda perde espaço no São Paulo neste início de temporada

Miranda perde espaço no São Paulo neste início de temporada

Zagueiro, que era titular absoluto, disputou apenas duas das cinco partidas do Tricolor no Campeonato Paulista

Zagueiro Miranda durante partida do São Paulo em que foi capitão do time

Zagueiro Miranda durante partida do São Paulo em que foi capitão do time

Rubens Chiri / SPFC.net

O zagueiro Miranda é visto como um dos principais nomes do São Paulo desde que retornou ao Morumbi. O experiente defensor de 37 anos está em sua segunda passagem pelo clube e até o início desta temporada tinha presença garantida na zaga tricolor. Mas o jogador perdeu espaço neste começo de Paulistão e vem permanecendo no banco de reservas sob o comando de Rogério Ceni.

Neste estadual, Miranda disputou apenas dois dos cinco jogos do São Paulo. Foi titular no empate contra o Ituano e na derrota para o RB Bragantino, quando falhou no primeiro gol do Massa Bruta.

Em compensação, Diego Costa, que era visto como reserva na última temporada, acabou ganhando lugar na equipe. Das cinco partidas disputadas, o jovem foi titular em quatro, inclusive formando dupla com o próprio Miranda.

Após a vitória contra a Ponte Preta no domingo (13), o técnico Rogério Ceni abriu o jogo sobre a situação de Miranda e da defesa do Tricolor. Até o momento a equipe sofreu oito gols no Campeonato Paulista.

"O Miranda para mim, no Brasil, no um contra um, é o melhor defensor, mesmo aos 37 anos. Mas como meu time fica com 70% a 78% de posse de bola durante o jogo, eu preciso da construção, e o Diego desenvolve isso, até pela juventude e pela energia. E, por nosso time ser relativamente baixo, o Diego e o Arboleda têm um jogo aéreo bom. No um contra a um defensivo, o Miranda é excepcional. Ele vai jogar; se não jogar na quinta, jogará no domingo contra o Santos e vai ser capitão do time, como sempre foi. Não há problema nenhum. É um ótimo jogador dentro da característica dele", afirmou Ceni.

Além de Miranda e Diego Costa, o comandante são-paulino conta com Arboleda, titular nos últimos anos, e Léo, que pode desempenhar a função. Mesmo assim, a diretoria do Tricolor segue no mercado em busca de um defensor mais alto. O nome de Wyllian Rocha, do Portimonense, de Portugal, é um dos principais alvos do clube.

Pelo Paulistão, o São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira (17), quando recebe a Inter de Limeira no Morumbi, às 21h30, em jogo válido pela sétima rodada. Com um jogo a menos em relação aos rivais do Grupo B, o time soma 7 pontos e aparece na vice-liderança, atrás do São Bernardo, o primeiro, com 11. Ferroviária (com 7) e Novorizontino (apenas 1) completam a chave. 

Últimas