Campeonato Paulista Leverkusen segura Lucas Alario, e Palmeiras sonda 'novo Suárez'

Leverkusen segura Lucas Alario, e Palmeiras sonda 'novo Suárez'

Time alemão descarta empréstimo do argentino, e novo alvo do Verdão é Agustín Álvarez, autor de um 'hat-trick' no Corinthians

Agustín Álvarez em ação pelo Peñarol, onde fez 28 gols em 51 jogos na temporada passada

Agustín Álvarez em ação pelo Peñarol, onde fez 28 gols em 51 jogos na temporada passada

Divulgação/Peñarol

A negociação entre Palmeiras, Lucas Alario e Bayer Leverkusen, da Alemanha, teve um desfecho nada positivo para o clube paulista, que contava com o empréstimo do argentino para assumir a função de centroavante no elenco. 

O clube alemão desistiu de negociar o jogador de 29 anos, que segue apenas como opção, sem muitas oportunidades, mas que é o reserva imediato do titular Patrik Schick. Com isso, o Palmeiras já corre atrás de outro "camisa 9".

O nome da vez é Agustín Álvarez, do Peñarol. O uruguaio de 20 anos já é velho conhecido no Brasil. No ano passado ele esteve em campo nas duas partidas dos Carboneros contra o Corinthians na fase de grupos da Sul-Americana (o Peñarol venceu as duas — 2 a 0 em São Paulo e 4 a 0 em Montevidéu).

Álvarez, conhecido como "Canário" em seu país, anotou 28 gols em 51 jogos na temporada passada. Avaliado em 5 milhões de euros (R$ 31 milhões), renovou com o time uruguaio até dezembro de 2024. O jogador tem um título nacional e a artilharia da Sul-Americana, com 10 gols no currículo.

Na pré-lista do Uruguai para os próximos jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo, o centroavante de 1,80 m é visto como sucessor de Cavani e Suárez. Pela Celeste, tem um gol em quatro partidas disputadas.

A data-limite para inscrição de atletas para o Mundial de Clubes da Fifa é até o próximo dia 24, e o Palmeiras entende que essa é a única peça que falta para fechar o elenco de Abel Ferreira.

A negociação com Alario

A primeira oferta do Palmeiras para contar com Alario foi de compra definitiva, algo que foi de imediato rejeitado. Depois, o Verdão tentou o jogador por empréstimo, comprometendo-se a pagar seus salários de forma integral, mas sem compensação financeira aos alemães, que aceitaram os termos num primeiro momento.

Entretanto, a dificuldade em encontrar uma reposição para o ataque fez com que o Leverkusen voltasse atrás. A reportagem apurou que o Palmeiras estava disposto a enviar uma compensação financeira ao clube europeu, mas os rubro-negros da Alemanha optaram por encerrar as tratativas por não encontrarem um substituto rapidamente no mercado.

O iraniano Sardar Azmoun, de 27 anos, que joga no Zenit, da Rússia, e o jovem Nketiah, de 22, do Arsenal, na Inglaterra, foram os primeiros alvos do Leverkusen. Como as negociações não avançaram, o técnico Gerardo Soane não deu aval para a liberação de Alario.

Neste sábado (15), o Leverkusen encara o Borussia Monchengladbach fora de casa e terá Lucas Alario entre os relacionados para o jogo. 

Vini Jr. supera Haaland e é o jogador mais valioso do mundo, diz estudo

Últimas