palmeiras campeão
Futebol Campeão pelo Palmeiras, Weverton diz que não ‘perde sono’ com seleção

Campeão pelo Palmeiras, Weverton diz que não ‘perde sono’ com seleção

Goleiro da inédita medalha olímpica barrou Fernando Prass e Jaílson na campanha do deca alviverde e voltou à briga por vaga na Copa América

Weverton na seleção

Weverton chegou ao Palmeiras no início de 2018 e se firmou com Felipão

Weverton chegou ao Palmeiras no início de 2018 e se firmou com Felipão

Ricardo Moreira/Folhapress - 2.12.2018

Goleiro da inédita medalha de ouro olímpica, Weverton, claro, tem vontade de voltar a vestir a camisa da seleção brasileira. O título do Brasileirão 2018 com o Palmeiras o recolocou na mira de uma convocação para a Copa América 2019, mas isso não tira o sono do jogador. 

Weverton, então do Atlético-PR, substitui exatamente o hoje seu companheiro Fernando Prass na Rio 2016 — o então titular do Palmeiras sofreu com uma antiga lesão no cotovelo direito, às vésperas dos Jogos Olímpicos. A medalha de ouro, com direito inclusive a defesa de pênalti na final, o projetou para a seleção principal.

Leia mais: Com 5 do Palmeiras, Bola de Prata premia melhores do Brasileiro

Com a medalha de ouro no peito, o goleiro foi convocado por Tite em seis oportunidades. Acabou substituído por Cássio, do Corinthians, na 15ª das 18 rodadas das Eliminatórias da Copa. Já no Palmeiras, não foi para a Rússia 2018 e, mesmo assim, não desanimou.

“O Tite conhece o meu trabalho. Ele está fazendo um excelente trabalho na seleção. É lógico que todo mundo sonha com a seleção, mas não é uma coisa que me tira o sono. O importante é trabalhar e estar bem aqui no Palmeiras e isso vai acontecer naturalmente”, disse Weverton, na comemoração do título, ainda no gramado do Allianz Parque.

COSME: Apesar do assédio da Colômbia, Felipão fica. Deu sua palavra

Aos 30 anos, o goleiro natural de Rio Branco, no Acre, chegou ao Palmeiras no início de 2018. Depois da indefinição pela titularidade entre Fernando Prass e Jaílson, assumiu a posição com a chegada do técnico Luiz Felipe Scolari. O goleiro fez 37 jogos pelo clube, sendo 23 no Campeonato Brasileiro.

“A conquista não é minha. É de todo o grupo. O Jaílson, o Prass, estão todos felizes com o Palmeiras. Felizmente, conseguimos dar a alegria para o nosso torcedor e conquistar esse título para a história do Palmeiras”, concluiu Weverton.

A seleção brasileira deve fazer pelo menos mais dois amistosos, em março, até a convocação para a Copa América. A competição continental de seleções, disputada de 14 de junho a 7 de julho, terá sede em cinco cidades brasileiras (Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador).

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Veja as fotos do jogo de entrega da taça do Brasileiro para Palmeiras

    Access log