Futebol Campeão brasileiro, Corinthians assume a ponta do ranking da CBF

Campeão brasileiro, Corinthians assume a ponta do ranking da CBF

Lista leva em consideração desempenho dos times nos últimos cinco anos

Campeão brasileiro, Corinthians assume a ponta do ranking da CBF

Corinthians, de Tite, levantou o troféu do Brasileirão com 81 pontos

Corinthians, de Tite, levantou o troféu do Brasileirão com 81 pontos

Alex Silva/Estadão Conteúdo

O título do Campeonato Brasileiro confirmou o Corinthians como melhor equipe do País na atualidade. Não só nos resultados e no futebol apresentado, mas também de acordo com o ranking da CBF. Nesta terça-feira (8), a entidade divulgou a atualização da lista para 2016 e o clube paulista aparece na primeira colocação, com 14.664 pontos.

O ranking é levado em conta para definir a participação dos clubes em algumas competições durante o ano, como a Copa do Brasil. Ele leva em consideração os resultados dos times em competições nacionais das últimas cinco temporadas, dando peso maior para a mais recente e menor para a mais antiga.

De acordo com as regras do ranking, somente pelo título brasileiro o Corinthians somou 4 mil pontos. O clube já havia terminado 2014 na vice-liderança e a conquista da principal competição nacional foi mais do que suficiente para levá-lo à ponta, ultrapassando o então líder Cruzeiro, campeão nacional de 2013 e 2014, que caiu para terceiro graças às fracas campanhas na Copa do Brasil e no Brasileirão.

Com os 14.664 pontos, o Corinthians abriu 454 de diferença para o vice-líder Grêmio, que subiu da quarta para a segunda posição graças à ida às quartas de final da Copa do Brasil e a terceira colocação no Brasileirão. Atrás do terceiro colocado Cruzeiro, que tem 14.064 pontos, está o Santos, vice-campeão da Copa do Brasil e sétimo no Brasileirão, com 13.936.

O campeão da Copa do Brasil, Palmeiras, é apenas o oitavo. Apesar do título, o time não vem fazendo boas campanhas no Brasileirão. Jogou a Série B em 2013 e este ano foi somente o nono. Por isso, soma apenas 13.056, o que já foi suficiente, no entanto, para um grande salto no ranking, já que terminou o ano passado em 13.º.

O vice-campeão nacional, Atlético-MG, é apenas o sétimo colocado, com 13.244 pontos, atrás de São Paulo (quinto, com 13.374) e Flamengo (sexto, com 13.288). Internacional e Fluminense, respectivamente, completam o Top 10. O time colorado, semifinalista da Libertadores e melhor brasileiro no torneio, aparece apenas em nono porque o ranking não considera os resultados internacionais.

Rebaixado à Série B, o Vasco mais uma vez terminou abaixo dos dez primeiros. Se em 2014 foi o 12.º, subiu uma posição e deixou 2015 em 11.º. Dos 12 clubes considerados os "grandes" dos estados de São Paulo, Rio, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, o pior foi o Botafogo, mesmo com a volta à Série A. O time carioca é o 13.º.

A CBF também divulgou o ranking nacional das federações, sem grandes novidades. São Paulo segue disparado em primeiro, com 92.504 pontos, com o Rio em segundo, 34.684 atrás. Minas Gerais é o terceiro, enquanto a grande surpresa apareceu na quarta colocação. Com quatro clubes na Série A em 2015, Santa Catarina ultrapassou o Rio Grande do Sul, terminando em quarto. A sexta posição é do Paraná.

Programas da Record na íntegra no R7 Play

Confira as 20 primeiras colocações do ranking de clubes da CBF:

1) Corinthians - 14.664 pontos

2) Grêmio - 14.210

3) Cruzeiro - 14.064

4) Santos - 13.936

5) São Paulo - 13.374

6) Flamengo - 13.288

7) Atlético-MG - 13.244

8) Palmeiras - 13.056

9) Internacional - 13.000

10) Fluminense - 12.682

11) Vasco - 11.928

12) Atlético-PR - 11.218

13) Botafogo - 10.932

14) Coritiba - 10.686

15) Goiás - 9.818

16) Figueirense - 9.012

17) Ponte Preta - 8.080

18) Bahia - 8.054

19) Sport - 7.928

20) Vitória - 7.166

    Access log