Brasil começa Mundial Feminino de Boxe com uma vitória e uma derrota

O Brasil teve uma vitória e uma derrota no primeiro dia do Mundial Feminino, que está sendo disputado na Rússia. Graziele de Jesus (51kg) derrotou a suíça Eliana Pillegi. Depois de um início nervoso, a lutadora não teve dificuldades para vencer por decisão unânime dos jurados.

Aos 28 anos, Graziele participa pela quinta vez do Mundial de Boxe. A brasileira vai voltar a lutar na terça-feira, pelas oitavas de final, contra a russa Lilya Aetbaeva, que derrotou a argelina Boualam Roumaysa.

Já Jucielen Romeu (57kg) perdeu para a filipina Nesthy Petecio. Em um combate bastante equilibrado, a lutadora asiática teve um volume maior de golpes, que garantiu sua vitória em decisão dividida (3 a 2). Neste ano, a brasileira foi medalhista de prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima.

Beatriz Ferreira (60kg) ficou de bye na primeira rodada e fará a sua estreia no domingo contra Keamogetse Kenosi, de Botsuana. Em Lima, ela faturou a medalha de ouro.

O Mundial Feminino é disputado na cidade de Ulan-Ude, na Rússia, com um total de 226 boxeadoras de 57 países.