Futebol Bragantino perde dois pênaltis, mas garante empate com o São Paulo

Bragantino perde dois pênaltis, mas garante empate com o São Paulo

Time do interior sai na frente, desperdiça grandes chances e leva o gol após falha de seu goleiro. Time do Morumbi perde chance de assumir liderança

  • Futebol | Do R7

Claudinho lamenta pênalti perdido pelo Bragantino contra o São Paulo

Claudinho lamenta pênalti perdido pelo Bragantino contra o São Paulo

Bruno Ulivieri/Agif/Folhapress

Não será dessa vez que o São Paulo assumirá a liderança do Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira (9), a equipe apenas empatou com o Red Bull Bragantino no Morumbi e, agora com 17 pontos segue atrás do Internacional, que ainda joga na rodada, pelo saldo de gols. O time de Bragança, com 7, está na zona de rebaixamento.

Os gols do jogo foram marcados por Raúl, para o Bragantino, e Luciano, que empatou para o São Paulo. O time do interior ainda perdeu dois pênaltis, com Claudinho e Arthur.

Na próxima rodada, o Tricolor tem pela frente um clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, enquanto a equipe do interior encara o Atlético-MG, também fora de casa.

O jogo
O primeiro bom momento do jogo foi logo aos 5. Juanfran cruzou da direita e Brenner, herói das últimas partidas e que ganhou uma chance como titular, cabeceou bem. A bola ia entrando, mas o zagueiro Léo Realpe se esticou todo para afastar de cabeça.

O Bragantino também esteve perto de abrir o placar. Aos 7, Ytalo recebeu pela direita e bateu cruzado, obrigando Volpi espalmar para escanteio.

Impedido!
Brenner estava cheio de vontade e só não abriu o placar pois estava impedido nas duas oportunidades que teve. Na primeira, após cruzamento da esquerda e desvio no meio do caminho, cabeceou na trave.

Pouco tempo depois, o atacante desviou chute de longe de Reinaldo e a bola foi para o gol. Porém, como Brenner estava adiantado, o tento foi anulado após conferência via VAR.

Reinaldo lamenta gol perdido

Reinaldo lamenta gol perdido

Fernando Roberto/Uaifoto/Folhapress

Já nos últimos minutos, o São Paulo voltou a ter uma boa chance. Reinaldo bateu cruzado e a bola chegou a balançar as redes, mas por fora.

São Paulo pressiona, Bragantino marca
Buscando a liderança do campeonato, o time da casa voltou para o segundo tempo indo para cima, principalmente graças às entradas de Hernanes e Paulinho.

Mas em um contra-ataque, veio o castigo. Artur fez boa jogada pela direita e rolou para Raul, que em sua estreia pelo Bragantino, marcou seu primeiro gol pelo clube.

Quase o segundo
O que já era ruim para o São Paulo, poderia ficar ainda pior. Após falta cobrada na área, Luciano tentou tirar a bola com o braço. Com o uso do VAR, o pênalti foi marcado. Na cobrança, porém, Claudinho mandou para fora.

Luciano empata
Não parecia que o São Paulo conseguiria se recuperar no jogo. Mas chegou ao empate graças a uma falha de Cleison. O goleiro do Bragantino saiu do gol para disputar uma bola, perdeu para Helinho e a bola sobrou livre para Luciano marcar o seu quarto gol no Brasileirão.

Trave salva o São Paulo
Buscando a virada, o Tricolor ficou muito aberto e por muito pouco não perdeu. E duas vezes graças à trave. Primeiro, Artur bateu falta com categoria e a bola explodiu na trave.

Já nos acréscimos, Léo fez pênalti em Aderlan e Artur, novamente, acertou o poste, decretando o 1 a 1 no Morumbi.

SÃO PAULO 1 x 1 RED BULL BRAGANTINO

Data/Horário: 9/9/2020, às 19h15
Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)
Árbitro de vídeo: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Cartões amarelos: Luciano, Lucas Perri (no banco), Tchê Tchê e Léo (SAO); Edimar, Ricardo Ryller (RBB)
Gols: Raul, aos 7'/2ºT (0-1); Luciano, aos 32'/2ºT (1-1)
SÃO PAULO: Tiago Volpi, Juanfran, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê, Gabriel Sara (Hernanes - Intervalo) e Igor Gomes (Gonzalo Carneiro - 22'/2ºT); Brenner (Helinho - 22'/2ºT) , Vitor Bueno (Paulinho Boia - Intervalo) e Luciano. Técnico: Fernando Diniz.
RED BULL BRAGANTINO: Cleiton, Aderlan, Léo Ortiz, Realpe (Ligger - 22'/2ºT) e Edimar; Ricardo Ryller, Matheus Jesus (Raul - Intervalo) e Claudinho; Artur (Willian Correia - 48'/2ºT), Bruno Tubarão (Lucas Evangelista - 26'/2ºT) e Ytalo (Alerrando - 26'/2ºT). Técnico: Maurício Barbieri.

Dudu aparece com nova namorada no Qatar e com aliança de noivado

Últimas