Futebol Avaí derrota o Athletico-PR na Arena da Baixada, mas segue na lanterna

Avaí derrota o Athletico-PR na Arena da Baixada, mas segue na lanterna

Leão soube aproveitar o fato do rival jogar com reservas e conquistou um resultado importante fora de casa. O time de Florianópolis soma 13 pontos

Leão da Ilha soube aproveitar o fato do rival jogar com reservas e conquistou um resultado importante fora de casa

Avaí venceu por 1 a 0, mas segue na última colocação

Avaí venceu por 1 a 0, mas segue na última colocação

Lance

Na manhã deste domingo (15), na Arena da Baixada, o Avaí aproveitou o Athletico-PR repleto de reservas e venceu por 1 a 0. Com o placar, o Leão continua na lanterna, mas com 13 pontos. O Furacão é o décimo, com 26 pontos.

Cosme Rímoli: O Flamengo mostrou quem é o melhor do Brasileiro

Na próxima rodada, o Athletico-PR visita o Vasco, em São Januário. O Leão da Ilha recebe o Atlético-MG.

O duelo

Se o duelo começou em ritmo lento, o Avaí tratou de aproveitar a sua primeira oportunidade e, aos 13 minutos abriu o placar. Jonathan recebeu na entrada da grande área e soltou uma bomba. Sem chances para o goleiro, 1 a 0.

Recheado de reservas, o Furacão pouco chegava ao campo de ataque. O time de Tiago Nunes não conseguia envolver o rival e só teve a primeira chance na reta final, quando Braian Romero bateu forte e Vladimir pegou.

Se com a bola no chão estava complicado, o jeito que o Athletico encontrou foi a bola parada. Em duas cobranças de escanteio o Furacão assustou. Na primeira, Madson cabeceou e Vladimir, à queima-roupa, salvou. Pouco depois, Cirino testou firme e carimbou o poste.

Na etapa final o Athletico voltou disposto a empatar o jogo e novamente parou na trave. Thonny Anderson recebeu cruzamento da esquerda, desviou e acertou o travessão.

Apesar do ímpeto inicial, o Furacão caiu de rendimento e não levava perigo ao Leão da Ilha, que por sua vez, quase ampliou através de Betão. Na sobra do escanteio, o capitão soltou o pé e assustou o goleiro paranaense.

Nos minutos finais o Athletico bem que tentou pressionar, mas falhou na missão. A equipe de Tiago Nunes não conseguia furar a defesa do Leão e na chance derradeira, Pedrinho chutou cruzado, a bola saiu forte e não deu tempo de Thonny Anderson desviar para o gol.

Ainda deu tempo do VAR aparecer nos acréscimos. Após bate-rebate na grande área, a bola pegou na mão de Mosquera e o árbitro deu pênalti para o Athletico-PR. Na revisão do árbitro de vídeo, a marcação foi cancelada e o Avaí pôde comemorar o triunfo.

Athletico-PR 0 x 1 Avaí

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data-Hora: 15/9/2019 – 11h
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Público/renda: 13.784 pagantes/R$ 219.680,00
Cartões amarelos: Matheus Rossetto (ATH)
Cartões vermelhos:
Gols: Jonathan (13’/1ºT)

Athletico-PR: Leo; Erick, Madson, Pedro Henrique e Abner Vinicius; Matheus Rosseto, Lucho González (Tomás Andrade, aos 37/2ºT), Everton Felipe (Vitinho,aos 20/2ºT) e Thonny Anderson; Marcelo Cirino e Braian Romero (Pedrinho, aos 20/2ºT). Técnico: Tiago Nunes.

Avaí: Vladmir; Iury (Léo, ao 0/2ºT), Betão, Ricardo e Igor Guimarães; Pedro Castro, Richard Franco e Matheus Barbosa; Caio Paulista, Jonathan (Juninho aos 21/2ºT) e Lourenço (Mosquera, aos 11/2ºT). Técnico: Alberto Valentim.

Torcida vaia Neymar na vitória do PSG. Veja tudo do futebol europeu