caso daniel
Futebol Assassinato de Daniel, ex-São Paulo, teria tido traição como motivo

Assassinato de Daniel, ex-São Paulo, teria tido traição como motivo

De acordo com informações da RecordTV, ferimentos no corpo e rosto explicam motivação passional do crime; investigações seguem

Morte de Daniel é por vingança, crime passional, de acordo com o Balanço geral

Daniel foi encontrado em Curitiba-PR; atleta foi torturado até a morte

Daniel foi encontrado em Curitiba-PR; atleta foi torturado até a morte

Reprodução/Instagram

O corpo de Daniel, ex-meio campista do São Paulo e que atualmente estava emprestado para o São Bento, foi encontrado neste final de semana em São José dos Pinhais (região metropolitana de Curitiba), no Paraná. De acordo com a reportagem da RecordTV, a principal suspeita da polícia é de crime passional.

Entenda o caso: Morre Daniel, meia do São Paulo emprestado para o São Bento

Segundo a RecordTV, uma mulher que estava com Daniel na noite anterior ao crime disse que o ex-atleta e um grupo de amigos estavam em uma boate, e que a festa acabou continuando em uma casa, horas antes do corpo de Daniel ser encontrado em São José dos Pinhais.

Leia mais: Promessa do Botafogo, Daniel teve passagem apagada pelo São Paulo

Daniel poderia estar saindo com uma mulher casada, o que teria motivado a vingança por parte do marido.

O IML emitiu um laudo em que é confirmada a tortura de Daniel, que sofreu ferimentos por todo o rosto e corpo, e ainda teve a parte íntima cortada, o que reforça a investigação da polícia sobre crime de vingança.

O objeto usado para torturar e matar Daniel foi uma arma branca, um objeto cortante, provavelmente uma faca, ainda de acordo com o Balanço Geral.

MAIS: Morte do meia Daniel tem sinais de tortura, diz Guarda Municipal

A polícia segue fazendo um levantamento geral da vida de Daniel, já que o atleta atuava pelo São Bento, de Sorocaba-SP, que disputa a Série B do Brasileirão, e o corpo foi encontrado em São José dos Pinhais (na região metropolitana de Curitiba, no Paraná).

Veja mais: Jogadores e clubes lamentam morte do meia Daniel nas redes sociais

A possibilidade de latrocínio — roubo seguido de morte — foi descartada pelas autoridades.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Adalberto Leister Filho

Tortura, assassinato e briga de bar: Veja casos traumáticos do esporte