bola de prata
Futebol Artilheiro, Gabigol leva Bola de Prata também de melhor atacante

Artilheiro, Gabigol leva Bola de Prata também de melhor atacante

Gabriel Barbosa, do Santos, recupera bom futebol no Brasil e conquista dois prêmios no Bola de Prata 2018 dado aos melhores do Brasileirão 2018

Bola de Prata

Gabigol, com sua Bola de Prata de melhor atacante, concede entrevista

Gabigol, com sua Bola de Prata de melhor atacante, concede entrevista

Reprodução/Instagram

O atacante Gabriel Barbosa, do Santos, foi premiado com a Bola de Prata de melhor atacante e de artilheiro do Campeonato Brasileiro deste ano, com 18 gols. O jogador comemorou o prêmio e enfatizou a temporada positiva na sual volta ao futebol brasileiro.

"Fico feliz por estar aqui recebendo esse prêmio. Agradeço aos meus companheiros, ao Santos e à torcida. Foi um ano que vai ficar marcado na minha vida", festejou o jogador ao receber o prêmio do ex-meia Alex.

Questionado sobre o futuro, Gabigol desconversou sobre a camisa que vestirá na próxima temporada. "O que sei é que volto para a Inter de Milão em janeiro", disse o artilheiro.

Uma das maiores revelações do Santos nos últimos anos, o atacante Gabriel ganhou destaque no time principal em 2015, quando ganhou a Bola de Prata como revelação do Brasileirão. 

Em 2016, após conquistar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2016, acabou vendido para a Internazionale de Milão-ITA. Na Europa, porém, o jovem atacante não vingou, chegou a ser emprestado para o Benfica-POR, mas não conseguiu emplacar.

Veja mais: Em grande fase, Gabriel prova que merece ser chamado de Gabigol

De volta ao Santos no início de 2018, o centroavante voltou a fazer jus ao apelido de Gabigol. Foram 4 no Paulistão, 1 na Libertadores, mais 4 na Copa do Brasil (onde foi artilheiro pela terceira vez) e mais 18 no Brasileirão. 

Presente em 35 jogos do Santos na Série A, Gabigol acabou o ano sendo o primeiro jogador a ser artilheiro da Copa do Brasil e do Brasileirão na mesma temporada. Emprestado até dezembro, o atacante fez sua segunda despedida pelo clube na vitória sobre o Atlético-MG, na 37ª rodada. 

Ganhador do prêmio Bola de Prata como artilheiro, Gabigol repetiu a façanha de Serginho Chulapa (1983), Paulinho McLaren (1991), Guga (1993), Viola (1998), Kléber Pereira (2008), Borges (2011) e Ricardo Oliveira (2015). Como atacante, Gabriel é o quinto jogador do Santos a entrar na seleção ideal do campeonato da Bola de Prata, depois de Edu (1971), Müller (1997), Robinho (2002 e 2004), Neymar (2010 e 2011).

Veja quais foram os 10 melhores centroavantes da Bola de Prata 2018:
1º Gabriel (Santos) - 6,22 (35 jogos)
2º Pablo (Atlético-PR) – 6,09 (32 jogos)
3º Ricardo Oliveira (Atlético-MG) - 6,07 (35 jogos)
4º Diego Souza (São Paulo) - 6,04 (32 jogos)
5º Pedro (Fluminense) - 6,01 (19 jogos)
6º Deyverson (Palmeiras) - 5,74 (26 jogos)
7º Leandro Damião (Internacional) - 5,71 (26 jogos)
8º Maxi López (Vasco) - 5,67 (19 jogos)
9º Jael (Grêmio) - 5,49 (20 jogos)
10º Gilberto (Bahia) - 5,47 (21 jogos)

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Marrento e goleador: As fases de Gabigol, artilheiro do Brasileirão

    Access log