Arábia Saudita anuncia mais de cem jogadores e técnicos com a covid-19

Nas duas principais ligas do país, profissionais passaram por testes em massa para identificar o vírus. Futebol retorna no país no dia 4 de agosto

Futebol vai voltar na Arábia Saudita no dia 4 de agosto

Futebol vai voltar na Arábia Saudita no dia 4 de agosto

Divulgação/Federação de Futebol da Arábia Saudita

Mais de cem jogadores, técnicos e profissionais da área de administração dos clubes de duas ligas de futebol da Arábia Saudita tiveram testes positivos para o novo coronavírus nas últimas três semanas, anunciou a a Federação Saudita de Futebol neste sábado (11).

A entidade informou, via Twitter, que depois de fazer, entre 21 de junho e 8 de julho, 1.351 exames para a covid-19 em pessoas envolvidas com a Copa da Liga do Príncipe Mohamed Bin Salman para Profissionais, da qual participam 16 clubes, foram detectados 97 casos positivos.

Destes, metade são jogadores enquanto os outros 47 restantes são técnicos e auxiliares.

Por outro lado, na Liga do Príncipe Mohamed Bin Salman para Clubes da Primeira Divisão, com 20 equipes, foram feitos 781 testes, que permitiram identificar 25 jogadores infectados com o vírus.

Em meados de junho, a federação saudita anunciou que a Liga de Profissionais voltará a atuar entre 4 de agosto e 9 de setembro, depois de uma suspensão indefinida a partir de março em função da pandemia.

No entanto, nessa retomada em agosto, será proibida a presença de torcedores e nos estádios e as substituições serão ampliadas de três para cinco por partida.

A Arábia Saudita é um dos países mais afetados pela covid-19 no Oriente Médio e já registrou mais de 225 mil casos e 2.150 mortes em decorrência da doença, segundo os últimos dados da OMS (Organização Mundial da Saúde).