Campeonato Brasileiro

Futebol Após forte pressão, Flamengo anuncia a demissão de Rogério Ceni

Após forte pressão, Flamengo anuncia a demissão de Rogério Ceni

Treinador deixa o Rubro-Negro após três títulos e vários problemas de gestão do grupo; nome de Renato Gaúcho ganha força

  • Futebol | Do R7, com informações do Lance

Rogério Ceni é demitido após derrotas no Brasileirão

Rogério Ceni é demitido após derrotas no Brasileirão

Alexandre Vidal / Flamengo

Rogério Ceni não resistiu a forte pressão que vinha sofrendo e foi demitido do Flamengo na madrugada deste sábado (10). O anúncio do desligamento foi feito pelo clube carioca em suas redes sociais. Maurício Souza será o comandante do Rubro-Negro no confronto contra a Chapecoense, domingo no Maracanã, em duelo válido para 11ª rodada do Brasileiro.

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que não continuará com Rogério Ceni à frente do time principal. O Clube agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso nos próximos desafios”, diz o curto comunicado.

Com a decisão, crescem os rumores sobre a chegada de Renato Gaúcho para o posto. O técnico está livre no mercado desde a saída do Grêmio, em abril.

Contratado em novembro de 2020, Rogério Ceni teve uma passagem de sucesso pelo Flamengo, conquistando Campeonato Brasileiro 2020, Supercopa do Brasil 2021 e o Campeonato Carioca 2021.

PROBLEMAS E CRÍTICAS

Apesar dos títulos, o treinador vinha sendo muito questionado nas últimas rodadas do Brasileirão pelo futebol apresentado. Em 8 jogos disputados, o Flamengo ocupa a 12ª posição, com 4 vitórias e 4 derrotas e apenas 12 pontos somados.

As críticas sobre o trabalho de Rogério Ceni aumentaram na última quarta-feira após a derrota para o Atlético-MG - a quarta nos últimos seis jogos. Na noite de quinta-feira (8), um grupo de torcedores se reuniu na sede da Gávea para protestar e gritou cânticos contra o treinador.

Nesta sexta-feira (9), mais uma polêmica: um áudio de Roberto Drummond, analista de mercado do clube, com fortes críticas a Rogério Ceni vazou nas redes sociais. O Flamengo demitiu o funcionário após o episódio, mas a exposição tornou a situação de Ceni quase insustentável.

Esses fatores se juntam com outros fatores já existentes que pesam contra Ceni, como a dificuldade na gestão de grupo e a postura em momentos de adversidade. O próprio comportamento mais introspectivo do treinador é um dos motivos do crescente desgaste entre ele e a diretoria.

Últimas