Ao projetar clássico, Diniz minimiza tabu do São Paulo em arena alviverde

Depois de vencer o Atlético Mineiro por 2 a 0, neste domingo, no Morumbi, o São Paulo já pensa no próximo desafio: o Palmeiras na casa do rival, o Allianz Parque. O time tricolor nunca venceu no novo estádio do rival, inaugurado em 2014, mas o técnico Fernando Diniz não considera que esse seja um fator importante para a partida da próxima quarta-feira, válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Eu, particularmente, não levo isso em consideração. Para o Palmeiras jogar lá, como para gente jogar aqui, é um fator importante, mas isso não é determinante. Determinante é o que os jogadores conseguem fazer dentro do campo. A gente vai procurar fazer o melhor que a gente puder para fazer um grande jogo", afirmou Diniz após a vitória sobre o Atlético-MG.

Em oito jogos no Allianz Parque entre os dois rivais paulistas, foram sete vitórias do Palmeiras e um empate. No saldo de gols total, são 21 alviverdes e três tricolores. No entanto, a última partida foi mais feliz para o lado do São Paulo: depois de dois empates por 0 a 0 na semifinal do Campeonato Paulista, o time então comandado por Cuca triunfou por 5 a 4 nos pênaltis.

Esta será a quarta partida fora de casa de Fernando Diniz como técnico do São Paulo. Se tem 100% de aproveitamento em jogos no Morumbi, o treinador busca seu primeiro triunfo fora de seus domínios - até agora, empatou com Flamengo e Bahia e foi derrotado pelo Cruzeiro quando dirigiu a sua equipe como visitante.