Seleção brasileira

Futebol Anvisa pede para PF acompanhar argentinos até embarque no aeroporto

Anvisa pede para PF acompanhar argentinos até embarque no aeroporto

Além do acompanhamento, a agência pede também abertura de processo contra os quatro jogadores que descumpriram protocolo

  • Futebol | André Avelar, do R7 e Myrcia Hessen, da Record TV

Polícia já está no local para assegurar saída de jogadores argentinos do Brasil

Polícia já está no local para assegurar saída de jogadores argentinos do Brasil

Amanda Perobelli/Reuters - 05.09.2021

Após a suspensão do jogo entre Brasil e Argentina, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) solicitou a Polícia Federal que acompanhasse a delegação argentina até o aeroporto para garantir que os quatro jogadores que descumpriram o protocolo contra a covid-19 no Brasil sigam para o país de origem. Além disso, a agência pede abertura de processos contra os atletas. 

"Anvisa informa que as medidas administrativas requisitadas são: acompanhar os quatro jogadores até o aeroporto; ter certeza que eles seguem para o país de origem e abertura de processo", disse a Anvisa, em breve comunicado.

Emiliano Martínez e Emiliano Buendia, ambos do Aston Villa, e Giovani Lo Celso e Cristian Romero, do Tottenham, deveriam ter cumprido quarentena obrigatória de 14 dias antes de entrar no Brasil, mas não o fizeram — a exigência é para viajantes vindo do Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia.

Os atletas descumpriram a portaria 655/2021, de acordo com a Anvisa. Em seu artigo 8o, a portaria informa que "o descumprimento do disposto nesta Portaria implicará, para o agente infrator: I - responsabilização civil, administrativa e penal; II - repatriação ou deportação imediata; e III - inabilitação de pedido de refúgio."

Confusão em campo

Os jogadores da Argentina se retiraram de campo após um grupo de fiscais da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) interromper o jogo contra o Brasil minutos depois do apito inicial. As autoridades de saúde pediam a retirada dos quatro jogadores que descumpriram os protocolos sanitários contram a covid-19: Giovani Lo Celso, Emiliano Martínez, Cristian Romero e Emiliano Buendía.

O jogo foi interrompido logo aos quatro minutos de jogo, depois de paralisação por falta dentro de campo. Em primeiro momento, os agentes de saúde discutiram com o delegado da partida, mas na sequência entraram no gramado e tentaram retirar os atletas. Por conta do ocorrido, os jogadores argentinos se retiraram de campo e a partida acabou suspensa pela Conmebol.

Confusão marca Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa de 2022

Últimas