Laís Souza fala aos afetados pelo coronavírus: 'Pinte novos sonhos'

Ex-ginasta publicou sua foto pintando um quadro com a boca, já que não tem movimentos do pescoço para baixo, e pediu calma em meio ao coronavírus

Laís pinta quadro em sua casa com a boca

Laís pinta quadro em sua casa com a boca

Reprodução Instagram

Laís Souza usou as redes socias para mandar uma mensagem de calma às pessoas em meio à pandemia do novo coronavírus. Na última terça-feira, a atleta publicou uma foto, em que pinta um pequeno quadro, utilizando os pincéis com a boca, já que perdeu os movimentos do pescoço para baixo em um grave acidente em 2014. 

A ex-ginasta comparou sua situação física com a situação das pessoas sem emprego ou com a possibilidade de perder emprego por causa da quarentena imposta devido ao covid-19.

"Nessa pandemia, eu sei que é difícil, quase impossível ver cores! Milhões de brasileiros sem empregos, ou com eles ameaçados. Milhões de mulheres com inúmeros filhos sem saúde, saneamento básico (há muitas décadas). Talvez eu imagine o quanto é difícil, pois no momento que descobri que não mexia do pescoço pra baixo, cheguei a pensar ser impossível. Mas não é!"

Laís continou e pediu que as pessoas busquem coisas para acalmar os momentos difíceis.

"O amor a mim mesma e ao próximo me fazem descobrir toda beleza que há nas cores. Leia artigos na internet sobre assuntos que lhe interessa; veja documentários que lhe acrescentem; assista shows antigos, cozinhe com muito carinho; tome um banho demorado e corte as unhas; leia o livro esquecido; escreva mensagens de amor aos que lhe rodeiam; pinte novos sonhos!"

Quadro feito por Laís Souza

Quadro feito por Laís Souza

Reprodução Instagram

Em seguida, Laís mostou o quadro feito por ela aos seguidores da rede social. 

Não é a primeira vez que a ex-atleta faz uma publicação motivacional. Em outubro de 2019, publicou uma foto em pé, o que, no início de seu tratamento, era considerado impossível. São tempos difíceis, mas a ex-ginasta segue inspirando, colorindo o cinza e mostrando que há esperança, apesar das adversidades.

Laís Souza disputou os Jogos Olímpicos de Atenas (2004) e Pequim (2008). Ela só não esteve em Londres (2012) por causa de uma lesão. Por infortúnio, a ex-atleta ficou tetraplégica em 2014, quando sofreu um acidente de esqui nos Estados Unidos. Na ocasião, ela treinava para competir nos Jogos de Inverno de Sochi, na Rússia, mas o acidente, dias antes da competição, mudou a vida da brasileira.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Adiamento das Olimpíadas 'tira' destaques da seleção de futebol