Fora de Jogo Conheça artista que 'transforma' craques do Brasileiro em desenho

Conheça artista que 'transforma' craques do Brasileiro em desenho

Luciano Freitas, o Lu, é responsável pelas animações dos jogadores do Brasileirão e da Copa América na CBF: 'Fiquei muito orgulhoso'

Futebol, Luciano Freitas

Lu é o responsável pelos desenhos

Lu é o responsável pelos desenhos

mauricio Bazilio

Desde de março deste ano, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) contratou um desenhista para apresentar times e jogadores do Brasileirão e da Copa América. O artista é Luciano Freitas, de 37 anos. Nas redes sociais, o desenhista de Niterói (RJ) é mais conhecido como Lu. 

A CBF pediu o desenho de 20 atletas, um de cada time da Série A. O jovem artista, formado em publicidade e propaganda, teve 30 dias para desenhar os jogadores.

"A CBF já me trouxe uma lista com os nomes e seus apelidos", disse também sobre a experiência de fazer os desenhos sobre os craques das equipes. "Foi uma experiência inédita, da qual fiquei muito orgulhoso!".

Luciano, ao fazer os desenho, disse que sentiu uma certa pressão durante todo o processo. "Tive um misto de satisfação e medo, porque por várias vezes pensei: 'nossa, esse jogador vai odiar isso.'"

Lu disse que o jogador mais difícil de criar foi um craque do Grêmio: "Todos tiveram suas complexidades particulares, mas acho que o que me deu mais trabalho foi o desenho do Everton, o Cebolinha. Cheguei a desenhar três versões até ser aprovada, primeiramente por mim e depois pela CBF."

Gabriel Jesus comemora gol na Copa América

Gabriel Jesus comemora gol na Copa América

Reprodução/Instagram

Com o tempo curto, o artista teve, inclusive, que mudar a sua rotina.

"Fazia um desenho por dia, às vezes até dois (um pela manhã, bem cedo, outro à noite). Esse espaço de tempo entre um desenho e outro foi crucial para que as cargas de dedicação e satisfação fossem iguais para todos", disse.

Veja mais: MP de São Paulo aceita prorrogar prazo do inquérito contra Neymar

Lu não acredita que vai ficar famoso com os desenhos feitos para a CBF, mas admite que aumentou o número de pedidos de artes.

"Embora estejamos falando da CBF, para quem já venho trabalhando desde o fim de 2018 e cujo Instagram já ultrapassa os 5 milhões de seguidores, eu não costumo vislumbrar uma 'vitrine' nos trabalhos que faço, pois assim evito possíveis frustrações. Mas a verdade é que desde que os desenhos foram publicados venho recebendo muitos pedidos", disse.

"Só caiu a ficha quando as artes foram publicadas e eu vi jogadores compartilhando e elogiando o trabalho."

Daniel Alves comemora com taça da Copa América

Daniel Alves comemora com taça da Copa América

Reprodução/Instagram

O desenhista agora espera que aconteçam outros trabalhos relacionados a esportes, pois ele adorou fazer e está disposto a outros projetos parecidos.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Craques animados! Veja desenhos de alguns atletas do Brasileirão

*Estagiário do R7, sob supervisão de André Avelar