Ex-astro da NBA, Cliff Robinson morre aos 53 anos, nos EUA

Notícia foi confirmada pela Universidade de Connecticut, onde ele iniciou a carreira. Robinson atuou no Portland e jogou o All Star Game de 1994

Cliff Robinson atuou pelo Portland Trail Blazers entre 1989 a 1997

Cliff Robinson atuou pelo Portland Trail Blazers entre 1989 a 1997

Reprodução/Site NBA

O ex-ala pivô e estrela da NBA nos anos 1990 Clifford Robinson, de 53 anos, morreu neste sábado (29), em Connecticut, nos Estados Unidos. A notícia foi confirmada pela Universidade de Connecticut, onde o astro surgiu. A causa da morte não foi divulgada.

"A família UConn de basquete lamenta a perda de um lendário jogador e pessoa, Clifford Robinson. Nossos pensamentos e orações estão com a família de Cliff neste momento difícil", diz a universidade em uma publicação no Twitter.

O site oficial da NBA, liga profissional norte-americana de basquete, destacou que Robinson iniciou a carreira, em 1989, no Portland Trail Blazers, onde permaneceu por oito temporadas antes de continuar sua carreira de quase duas décadas. 

O Trail Blazers externou profunda tristeza pela morte do jogador e enfatizou a personalidade e energia incomparáveis, além das suas contribuições inconfundíveis na quadra que ajudaram a equipe a chegar aos playoffs em cada uma de suas oito temporadas com o time.

Robinson teve uma sequência de 461 jogos consecutivos com o time, marca que ainda é um recorde da franquia. "Estendemos nossas sinceras condolências à família e entes queridos de Cliff. 'Tio Cliffy' fará muita falta para os Trail Blazers e toda a cidade", diz a nota.

Como atleta, Cliff Robinson conquistou o prêmio de sexto homem do ano na temporada 1992/93, após obter uma média de 19,1 pontos, 6,6 rebotes e um melhor bloqueio da carreira de 1,99 por jogo.

Em 1994, ele participou do All Star Game, o jogo das estrelas do basquete norte-americano. Robinson atuou também por Phoenix Suns, Detroit Pistons, Golden State Warriors e New Jersey Nets, onde encerrou a carreira, aos 41 anos, em 2007.