Zanardi seguirá sedado até próxima semana, diz boletim médico

Piloto está internado desde a última sexta-feira, após sofrer um grave acidente em uma das etapas do Obiettivo Tricolore, em Siena

Piloto sofreu grave acidente em apresentação e pode perder a visão

Piloto sofreu grave acidente em apresentação e pode perder a visão

Alessandro Di Marco/EFE

O italiano Alessandro Zanardi, ex-piloto da Fórmula 1 e Fórmula Indy e dono de quatro ouros em Jogos Paralímpicos, permanecerá sedado até a próxima semana, pelo menos, segundo boletim divulgado nesta terça-feira pela equipe do hospital Santa Maria alle Scotte, em Siena, na região central da Itália.

"O paciente passou a quarta noite na unidade de terapia intensiva, em condições de estabilidade nos parâmetros cardiorrespiratórios e metabólicos. O quadro neurológico segue sem variações na gravidade. O paciente segue sedado e respirando mecanicamente", aponta a nota.

"Eventuais reduções da sedação, por avaliação do estado neurológico, serão levadas em consideração a partir da próxima semana. O prognóstico segue reservado", conforme segue o texto.

Na sexta-feira, ao participar de uma prova de exibição, Zanardi, de 53, perdeu o controle da handbike que conduzia, invadiu o sentido oposto da estrada em que a disputa acontecia e bateu com a cabeça em um caminhão que passava pelo local.

Na noite do mesmo dia, o ex-piloto de automobilismo passou por uma cirurgia que teve três horas de duração e foi considerada bem-sucedida.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Zanardi não tem risco de morte, mas pode perder a visão, diz médico