Time da NBA se recusa a jogar em protesto a homem negro baleado

Bucks, do estado onde Jakob Blake foi atingido por policiais, não entrou em quadra contra Magic e influenciou adiamento de outras duas partidas

Milwaukee Bucks se recusaram a entrar em quadra contra Orlando Magic

Milwaukee Bucks se recusaram a entrar em quadra contra Orlando Magic

Kevin C. Cox/Reuters - 26.8.2020

Três dias depois de Jakob Blake, um homem negro ter sido baleado pelas costas por policiais americanos, o Milwaukee Bucks decidiu protestar e não entrar em quadra nesta quarta-feira (26), pela primeira rodada dos playoffs da NBA. O homem, de 29 anos, foi atingido em Kenosha, no estado de Wisconsin, em que o time é baseado.

Pouco tempo depois, a NBA comunicou que os jogos entre Houston Rockets x Oklahoma City Thunder e Los Angeles Lakers e Portland Trail Blazers, times que também atuariam nesta quarta, foram adiados.

Os Bucks enfrentariam o Orlando Magic pelo jogo 5, da série melhor-de-sete jogos, na primeira rodada da fase final do campeonato mais importante de basquete do mundo. A liga, que aderiu à campanha “Black Lives Matter” (vidas negras importam, em inglês), em razão da morte de George Floyd, anunciou que as partidas serão remarcadas.

“Nós não deveríamos ter vindo para essa droga de lugar para ser honesto. Vir aqui apenas tirou o foco dos reais problemas. Mas estamos aqui. Definitivamente, quando tudo se resolver, as coisas precisam mudar”, disse o armador George Hill, em entrevista coletiva, ainda antes do protesto desta quarta.

Jogadores do Magic ainda chegaram a entrar em quadra para o aquecimento, mas a 3 minutos e 14 segundos para a bola subir, veio a confirmação de que os Bucks ficariam no vestiário. O time de Milwaukee lidera a série por 3 a 1, na “bolha” em que a NBA criou no complexo da Disney, para realizar a parte final da temporada.

Blake foi atingido no último domingo por policiais, que disseram estar atendendo a uma ocorrência doméstica. Em imagens obtidas, é possível ver o homem entrando em seu carro, quando um dos policiais o persegue e começa a atirar. Ele foi levado para o hospital em estado grave.

Mercedes-Benz de Michael Jordan é leiloada por mais de R$ 1 milhão