Seleção de vôlei começa 'grupo da morte' da Olimpíada contra Tunísia

Time comandado por Renan Dal Zotto defende título olímpico a partir de 25 de julho; seleção feminina estreia contra Coreia do Sul no dia seguinte

Brasil entra em quadra em Tóquio por bicampeonato olímpico

Brasil entra em quadra em Tóquio por bicampeonato olímpico

Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo - 21.8.2016

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB, na sigla em inglês) definiu nesta quinta-feira a tabela detalhada dos grupos do torneio olímpico em Tóquio-2020. No masculino, a seleção brasileira começa defesa do ouro contra a Tunísia, no dia 25 de julho. As mulheres estreiam no dia seguinte contra a Coreia do Sul.

Entre os homens, o Brasil caiu no considerado "grupo da morte". O duelo contra a Tunísia é o mais tranquilo para o time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto no Grupo B. A sequência será contra a Argentina, no dia 27, a Rússia, no dia 29, os Estados Unidos, no dia 31, e, por fim, a França, no dia 2 de agosto.

Os quatro primeiros colocados da chave se classificam às quartas de final, que serão disputadas no dia 4. As semifinais acontecerão dois dias depois e as disputas de medalhas estão previstas para 8 de agosto, penúltimo dia de competições na Olimpíada.

No torneio feminino, a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães está no Grupo A. Depois da estreia contra a Coreia do Sul, a sequência das partidas será contra a República Dominicana, no dia 28, o Japão, no dia 30, a Sérvia, em 1.º de agosto, e finalmente o Quênia, no dia 3.

O formato de disputa é o mesmo do masculino e as quartas de final serão jogadas no dia 5. As semifinais ocorrerão no dia 7 e a disputa de medalhas acontecerão em 9 de agosto, data final de disputas em Tóquio.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Jesus, Neres e 'galáticos': craques podem reforçar o Brasil em Tóquio