corrida de rua
Esportes Olímpicos Ronaldo da Costa é 1º estrangeiro no Hall da Fama da Maratona de Berlim

Ronaldo da Costa é 1º estrangeiro no Hall da Fama da Maratona de Berlim

A convite do 'Esporte Fantástico', da RecordTV, brasileiro volta ao local em que conquistou o recorde mundial dos 42.195 quilômetros em 1998

Ronaldo da Costa Maratona de Berlim

Ronaldinho: de volta a Berlim

Ronaldinho: de volta a Berlim

Acervo Pessoal

O dito popular de “quem é rei nunca perde a majestade” foi reforçado na última sexta-feira (14), nas vésperas da Maratona de Berlim. Vinte anos depois do recorde mundial, o Esporte Fantástico, da RecordTV, levou Ronaldo da Costa para a prova na Alemanha. O brasileiro ainda foi surpreendido com o ingresso na Hall da Fama da prova.

Ronaldinho, como ficou mundialmente conhecido em 1998, quando cravou 2h6min5 pelas ruas da capital alemã, foi verdadeiramente ovacionado pelos corredores dos 42 quilômetros no Portão de Brandemburgo. Vinte anos atrás, ele cruzou o cartão postal da cidade com os braços erguidos e dando pirueta.

"Estou muito feliz por esse momento", disse Ronaldinho, com dificuldade em segurar a emoção. "Agora é um momento diferente. Vamos passar energia positiva no percurso".

Ronaldo da Costa segurou a emoção com a homenagem na Maratona de Berlim

Ronaldo da Costa segurou a emoção com a homenagem na Maratona de Berlim

Acervo Pessoal

O Hall da Fama foi inaugurado com o nome de quatro corredores alemães e o de Ronaldo da Costa. O primeiro estrangeiro do ranking, hoje com 48 anos, desta vez, correrá a prova por diversão. O repórter Bruno Piccinato também irá encarar os 42.195 quilômetros e contará tudo no Esporte Fantástico.

A Maratona deste ano conta com 44.389 corredores, 5.258 patinadores, 180 ciclistas paralímpicos e 63 cadeirantes. Na prova principal, a expectativa é de quebra de recorde mundial com o queniano Eliud Kipchoge e a etíope Tirunesh Dibaba.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook