Mundo se dobra ao talento de Simone Biles após salto histórico

Ginasta americana foi a primeira mulher a concluir um triplo-duplo no solo, no último domingo, em competição realizada nos Estados Unidos

Biles conquistou sexto título seguido da competição

Biles conquistou sexto título seguido da competição

Denny Medley-USA TODAY Sports/Reuters/11-08-19

Uma nova façanha marcou a ginástica artística mundial. A protagonista foi novamente a americana Simone Biles, de 22 anos. Ela concluiu um movimento espetacular, fazendo um triplo-duplo no solo, inédito na ginástica artística feminina.

Leia mais: Brasil encanta e ganha ouro no conjunto da ginástica rítmica no Pan

O salto é um verdadeiro malabarismo a desafiar a lei da gravidade. Torna a ginasta uma mistura de pássaro e bailarina, executando, no ar, três rotações após um impulso para trás.

O feito foi realizado no último domingo (11), no Campeonato Nacional de Ginástica dos Estados Unidos, em Kansas City, no Missouri, e valeu para Biles a sexta conquista consecutiva da competição.

É verdade que ela vinha treinando essa manobra única há um bom tempo, mas, no momento derradeiro, é muito mais difícil concluí-la. Somente dois homens haviam conseguido até então.

Este é mais um momento que incluiu Biles no rol das grandes ginastas de todos os tempos. Ela é a primeira ginasta na história a obter quatro títulos mundiais no individual geral (2013, 2014, 2015 e 2018).

Em 2016, aos 19 anos, subiu ao pódio cinco vezes na Olimpíada do Rio, com quatro medalhas de ouro (equipes, salto, solo e individual geral) e uma de bronze na trave olímpica.

A palavra salto encanta. Um salto para o futuro. Emploga. Um salto para a humanidade. Assusta. Um salto no escuro. E a beleza da ginástica é justamente porque, cada salto contém um pouco destes três. Principalmente com Simone Biles.

Confira as melhores imagens dos Jogos Pan-Americanos 2019