Esportes Olímpicos Medalhista russo é suspeito de doping nas Olimpíadas de Inverno

Medalhista russo é suspeito de doping nas Olimpíadas de Inverno

Atleta do curling, que competiu nas duplas mistas ao lado da mulher em PyeongChang, teria usado substância proibida que aumenta o fluxo sanguíneo

Medalhista russo é suspeito de doping nas Olimpíadas de Inverno

Alexander Krushelnitsky competiu sob a inscrição como 'Atleta Olímpico da Rússia'

Alexander Krushelnitsky competiu sob a inscrição como 'Atleta Olímpico da Rússia'

Jamie Squire/Getty Images - 18.2.2018

Medalhista de bronze no curling de duplas mistas, Alexander Krushelnitsky é suspeito de testar positivo para uma substância banida, em PyeongChang 2018. O caso seria um golpe nos esforços da Rússia para superar o escândalo de doping supostamente com o aval do governo.

Krushelnitsky, que ganhou a medalha ao lado da sua mulher Anastasia Bryzgalova, é suspeito de testar positivo para meldonium. A substância aumenta o fluxo sanguíneo, o que melhora a capacidade de exercício nos atletas.

Krushelnitsky não respondeu imediatamente aos pedidos por comentários. Uma porta-voz da delegação russa em PyeongChang disse que não se pronunciaria imediatamente.

Krushelnitsky competiu ao lado da mulher Anastasia

Krushelnitsky competiu ao lado da mulher Anastasia

Andreas Rentz/Getty Images - 18.2.2018

A Rússia tem sido acusada de conduzir um programa sistemático de doping com apoio estatal, uma acusação negada por Moscou. Seus atletas estão competindo de forma neutra em Pyeongchang como "Atletas Olímpicos da Rússia".

Autoridades esportivas russas vão se encontrar com representantes antidoping em PyeongChang, disse a fonte, acrescentando que qualquer violação só seria confirmada após análise de uma segunda amostra.

O Comitê Olímpico Internacional disse que tomou nota do caso, sem entrar em detalhes.

"De um lado, é extremamente desapontador quando substâncias proibidas podem ter sido usadas, mas por outro mostra a efetividade do sistema antidoping dos jogos, que protege os direitos de todos os atletas limpos", disse um porta-voz do CO.

Como atletas neutros, os atletas russos não podem tocar o hino do país durante a entrega de medalhas, nem usar símbolos nacionais.

Atletas arrasam com capacetes divertidos nos Jogos de Inverno