Esportes Olímpicos

Coronavírus aposenta Rei das Enterradas

Aos 43 anos, depois de 22 temporadas, Vince Carter anunciou que não irá esperar volta da NBA: 'Parei oficialmente de jogar basquete'

Carter foi a 5ª escolha do Draft de 1998. Fez história e encantou o mundo com suas enterradas logo nos primeiros anos de carreira nos Raptors (1998-2004) e depois nos Nets (2004-2009)

O ala-armador, melhor novato em seu primeiro ano,não demorou muito para ser credenciado como um dos grandes jogadores da NBA. Atuou no Magic entre 2009-2010

Vince também jogou nos Suns (2010-2011). Ao todo, ele foi oito vezes selecionado para o All Star Game — em 2000, foi campeão de um marcante Torneio de Enterradas

O Rei das Enterradas continuou sua carreira nos Mavericks (2011-2014), com sua habilidade incrível, mas sem conquistar um anel de campeão ao final das temporadas

Nos Grizzlies (2014-2017), voltou a apresentar um bom jogo, participar dos playoffs, tendo sido eliminado em momentos capitais. A cara de mau após uma enterrada virou sua característica

Já veterano, aceitou o desafio de liderar os Kings (2017-2018). O ala-armador driblou as lesões, as dores intensas no tornozelo e seguiu em alto nível técnico. O ritmo das enterradas já havia diminuído

As temporadas finais foram nos Hawks (2018-2020). Antes da suspensão da NBA pela pandemia do novo coronavírus, já vivia seu tour de despedida. A equipe de Atlanta não foi elegível para completar a temporada na Disney

Apesar da falta de um anel da NBA, Vince pode comemorar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Sydney 2000. Naquela oportunidade, o americano saltou sobre um defensor francês para enterrar uma bola