Comitê Paralímpico Brasileiro premia melhores atletas do ano

Premiação acontece em São Paulo, nesta terça-feira (17), e vai escolher os destaques esportivos da temporada no masculino e feminino

Comite Paralimpico premia o atleta do ano, nesta terça-feira (17), em São Paulo

Comite Paralimpico premia o atleta do ano, nesta terça-feira (17), em São Paulo

Daniel Zappe/CPB/MPIX

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) premiará nesta terça-feira os melhores atletas do ano. A cerimônia será realizada a partir das 20 horas, em São Paulo. Concorrem à principal honraria no masculino: Alessandro Rodrigo e Petrúcio Ferreira, do atletismo, e Daniel Dias, da natação. No feminino, estão na disputa a Beth Gomes e Jerusa Geber, do atletismo, e Carol Santiago, da natação.

Veja mais: Com Reinier, seleção sub-23 é convocada para Pré-Olímpico

Os atletas foram indicados por suas performances nos respectivos Mundiais das modalidades e Jogos Parapan-Americanos de Lima e coroará uma temporada de recordes do esporte paralímpico brasileiro. Na competição continental, o País bateu o recorde de medalhas de todas as edições e terminou com folga na primeira colocação. No Mundial de Atletismo ficou com uma inédita segunda colocação.

Na capital peruana, em agosto, o nadador Daniel Dias (classe S5) faturou a sua 32.ª medalha de ouro em Parapans. Carol Santiago (S12) deixou Lima com dois ouros e no Mundial da modalidade, que aconteceu em Londres, ela faturou dois ouros e duas pratas. No Mundial de Atletismo, em novembro, em Dubai, o velocista Petrúcio Ferreira (T47) se tornou o atleta paralímpico mais rápido do mundo.

Jerusa Geber (T11) foi campeã mundial nos 100 metros e é a primeira atleta cega a correr a distância em menos de 12 segundos. Beth Gomes (F52), de 54 anos, faturou o ouro no lançamento de disco com recorde mundial da prova. Também no campo, Alessandro Rodrigo (F11) ganhou o ouro no lançamento de disco e bronze arremesso de peso.

Pela terceira vez haverá a premiação do "Atleta da Galera", que é eleito por voto popular. Cinco atletas estão na disputa: a judoca Alana Maldonado, a nadadora Carol Santiago, o jogador de bocha José Chagas e os velocistas Petrúcio Ferreira e Verônica Hipólito.

Também serão entregues o Prêmio Aldo Miccolis, que homenageia pessoas que dedicaram a sua vida ao esporte paralímpico e o Prêmio Personalidade Paralímpica, para quem contribuiu para o Movimento na temporada.

Na segunda-feira, o CPB revelou em seu site 24 atletas que foram destaque por modalidade. Eles foram indicados pelas confederações responsáveis e escolhidos por uma comissão da principal entidade paralímpica.

Confira os ganhadores por modalidade:

Atletismo - Petrúcio Ferreira

Basquete em cadeira de rodas - Vileide Almeida

Bocha - Maciel Santos

Canoagem - Luis Carlos Cardoso

Ciclismo - Lauro Chaman

Esgrima em cadeira de rodas - Jovane Guissone

Esportes de Neve - Cristian Ribera

Futebol de 5 - Raimundo Nonato

Futebol de 7 - Bira Magalhães

Goalball - Leomon Moreno

Halterofilismo - Mariana D’Andrea

Hipismo - Rodolpho Riskala

Judô - Meg Emmerich

Natação - Carol Santiago

Parabadminton - Vitor Tavares

Parataekwondo - Débora Menezes

Remo - Renê Pereira

Rúgbi em CR - Julio Braz

Tênis de Mesa - Paulo Salmin

Tênis em cadeira de rodas - Daniel Rodrigues

Tiro Esportivo - Alexandre Galgani

Tiro com arco - Jane Karla Gögel

Triatlo - Carlos Viana

Vôlei Sentado - Gilberto da Silva

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Brasil já tem inúmeros atletas com vaga em Tóquio 2020. Conheça todos