Jogos Sucesso do Switch impulsiona lucro trimestral da Nintendo

Sucesso do Switch impulsiona lucro trimestral da Nintendo

Empresa de games voltou para a Argentina, será que o Brasil é o próximo?

Sucesso do Switch impulsiona lucro trimestral da Nintendo

Nintendo Switch segue em alta entre os jogadores

Nintendo Switch segue em alta entre os jogadores

Tiago Alcantara/R7

A japonesa Nintendo informou nesta quarta-feira (26) ter revertido prejuízo e registrado lucro acima das estimativas de analistas no seu primeiro trimestre fiscal, por conta da forte demanda por seu console Switch.

Altas esperanças sobre o console resultaram em uma valorização de 60 por cento no valor da ação da Nintendo desde a estreia do dispositivo, em março. A companhia disse esperar que o Switch ajude a mais do que dobrar seu lucro operacional, encerrando oito anos de quedas nas vendas marcados pelo Wii U.

Confira nossas impressões sobre o surpreendente Nintendo Switch

A companhia registrou lucro de 16,2 bilhões de ienes (R$ 457 milhões) para os três meses encerrados em junho. No mesmo período de 2016 foi registrado prejuízo 5,13 bilhões de ienes (R$ 145 milhões). Analistas estimavam lucro de 11,5 bilhões (R$ 325 milhões) de ienes no trimestre, segundo Thomson Reuters Starmine SmartEstimate.

A Nintendo vendeu 1,97 milhões de consoles Switch no trimestre em questão, elevando as vendas totais a 4,7 milhões de unidades. A demanda tem sido tão forte que a Nintendo tem tido dificuldade para dar conta das grandes filas que se alongam frente às lojas. Em alguns casos, a venda dos dispositivos é feita por loteria.

Argentina terá lançamento do Switch

Recentemente, a empresa deve voltar a ter seus produtos vendidos de forma oficial na Argentina. O Nintendo Switch será lançado no dia 15 de agosto no país vizinho. O console já está disponível para pré-venda e tem o preço sugerido de 13.500 pesos (cerca de R$ 2.450). As unidades serão comercializadas por meio de uma empresa terceira, a Juegos de Video Latinoamérica (JVAT).

A Nintendo deixou de operar de forma oficial no Brasil em 2015. Na época, os impostos e dificuldades operacionais foram os principais motivos para que a companhia japonesa deixasse de oferecer de forma oficial seus produtos no País. Nos últimos meses, vendedores reportam que seus anúncios com o Switch e produtos relacionados ao console foram encerrados no Mercado Livre. A justificava da plataforma é que houve uma demanda dos responsáveis pela distribuição do produto no Brasil.

Em maio, uma publicação no Diário oficial da União apontava que a distribuidora NC Games ficaria responsável pela importação de games do Switch e do Nintendo 3DS no Brasil. No entanto, ainda não há nenhuma informação oficial sobre uma possível volta da Nintedo.

    Access log