Tragédia no Flamengo
Esportes CT do Flamengo não tinha laudo de aprovação do Corpo de Bombeiros

CT do Flamengo não tinha laudo de aprovação do Corpo de Bombeiros

Local passou por diversas reformas e ampliações, mas ainda estava em processo de regularização. Peritos investigam causa de incêndio

tragédia flamengo 2019

Incêndio matou dez pessoas

Incêndio matou dez pessoas

Ricardo Moraes/REUTERS/08.02.2019

A assessoria do Corpo de Bombeiros informou, nesta sexta-feira (8), que o Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, não tinha o laudo de aprovação da corporação. O documento atesta a existência e o funcionamento dos dispositivos contra incêndio previstos na legislação.

Desde a modernização do local, reinaugurado em 2014, o local passou por diversas reformas e ampliações, mas ainda estava em processo de regularização. 

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, a ausência do Certificado de Aprovação não significa que o local não possuía os dispositivos adequados. 

Mais cedo, o tenente coronel Douglas Henaut declarou que o sistema preventivo de combate aos incêndios disponível do centro de treinamento funcionou perfeitamente durante o trabalho das equipes de resgate.

Causas do incêndio

De acordo com o vice-governador do Estado, Cláudio Castro, há suspeita de que o incêndio que matou dez pessoas tenha começado após um curto circuito no ar-condicionado do alojamento, onde ficam as equipes de base do clube. Contudo, a informação ainda não foi confirmada.

Peritos da Polícia Civil estão no local para investigar as causas do incêndio. O governador do Rio, Wilson Witzel, determinou uma "investigação minuciosa" do caso.

Um dos atletas da equipe de base do clube contou como escapou das chamas. Segundo Felipe Cardoso, de 15 anos, o fogo começou no quarto onde dormia. 

Leia a nota completa do Corpo de Bombeiros:

O Centro de Treinamento do Flamengo, localizado na Estrada dos Bandeirantes. 25.997 - Vargem Grande, está em processo de regularização junto ao Corpo de Bombeiros, o que significa que ainda não possui o Certificado de Aprovação (CA), que é o documento final emitido pela corporação.

Para conhecimento:

O CA é a documentação que atesta a existência e o funcionamento dos dispositivos contra incêndio previstos pela legislação vigente. Não se trata de alvará de funcionamento (estabelecimentos comerciais) ou habite-se (imóveis residenciais). Estes documentos são emitidos pela Prefeitura.

Importante esclarecer que a não existência do CA não significa, por si só, que o local não possuía os dispositivos, e sim que não era aprovado pelo CBMERJ.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Raphael Hakime

    Access log