Copa 2018 Presidente do Uruguai escreve carta e convida Griezmann a visitar país

Presidente do Uruguai escreve carta e convida Griezmann a visitar país

Após francês exaltar nação uruguaia na Copa do Mundo, Tabaré Vázquez parabenizou franceses e fez convite especial ao atacante do Atlético de Madri

Copa do Mundo

Na Rússia, Griezmann mostrou carinho pelo Uruguai e conquistou Tabaré Vázquez

Na Rússia, Griezmann mostrou carinho pelo Uruguai e conquistou Tabaré Vázquez

Clive Rose/Getty Images - 15.07.2018

As demonstrações públicas de carinho de Antoine Griezmann pelo Uruguai durante a Copa do Mundo de 2018 agradaram a Tabaré Vázquez, presidente do país sul-americano.

O chefe de estado escreveu uma carta de agradecimento aos gestos do atacante francês, que se sagrou campeão do mundo.

Griezmann: 'Respeito o Uruguai. Por isso, não comemorei meu gol'

No comunicado oficial, Vázquez ainda convidou Griezmann a visitar o Uruguai, uma vez que o jogador da seleção francesa e do Atlético de Madri já havia demonstrado interesse em conhecer aquele que chamou de seu "segundo país".

"Não posso deixar de agradecê-lo pelo gesto que teve com Uruguai ao utilizar a bandeira do nosso país na entrevista coletiva, que concedeu aos veículos de imprensa internacionais", disse Vázquez no comunicado.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Carta do presidente do Uruguai a Griezmann

Carta do presidente do Uruguai a Griezmann

Reprodução

"Soube que ele está projetando uma visita ao nosso país", comentou o presidente, que completou:

"Para mim, seria uma honra recebê-lo na presidência da República e poder expressá-lo o nosso agradecimento pessoalmente."

Os gestos de carinho ao Uruguai na Copa de 2018

Na Copa da Rússia, Griezmann demonstrou carinho e respeito pelo Uruguai em diversas ocasiões.

Nas quartas de final contra a Celeste, de Cavani e Suárez, após chamar o Uruguai de seu "segundo país", o atacante francês marcou um gol na equipe sul-americana e, em sinal de respeito, não comemorou.

Se as atitudes de Griezmann nas quartas não haviam convencido e conquistado os uruguaios, ele ainda levou uma bandeira do Uruguai à entrevista coletiva após o título da Copa do Mundo, na vitória da França diante da Croácia por 4 a 2.

Amizade com uruguaios

Diego Godín, a afilhada Mia e o amigo Antoine Griezmann

Diego Godín, a afilhada Mia e o amigo Antoine Griezmann

Reprodução/Instagram

A relação do atacante francês com o país sul-americano começou na Real Sociedad, seu primeiro clube, onde conheceu o uruguaio Carlos Bueno, com quem jogou por uma temporada.

A amizade com o experiente jogador fez com que Griezmann criasse um carinho especial pelo Uruguai.

O atacante aprendeu até a gostar de chimarrão — bebida aparece frequentemente nas publicações do francês no Instagram.

Após deixar a Real Sociedad, Griezmann rumou ao Atlético de Madri e, lá, rapidamente se tornou amigo de Diego Godín.

A amizade fez com que o habilidoso atacante fizesse de Godín o padrinho de Mia, sua filha.

No Atleti, Griezmann nutre amizade com José María Giménez, também uruguaio e companheiro de zaga de Godín.

Torcidas pelo mundo recebem suas seleções com festa após Copa