Copa 2018 Neymar dribla críticas e foca em título na Copa: 'Eu vim para ganhar'

Neymar dribla críticas e foca em título na Copa: 'Eu vim para ganhar'

Melhor em campo na vitória contra o México, que valeu vaga nas quartas de final do Mundial, atacante afirmou não ligar para elogios e rejeição

Copa do Mundo

Neymar foi o homem do jogo diante do México e decidiu classificação e vitória

Neymar foi o homem do jogo diante do México e decidiu classificação e vitória

Carlos Garcia Rawlins/Reuters - 02.07.2018

Após a vitória contra o México, que valeu a classificação às quartas de final da Copa do Mundo de 2018, Neymar falou sobre as críticas recebidas ao longo do Mundial na Rússia sobre seu comportamento dentro e fora de campo.

Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes

"Eu não ligo muito para críticas e nem mesmo para elogios, porque isso pode influenciar a cabeça do atleta", afirmou ele, em entrevista coletiva.

"Nos últimos dois jogos, não falei [com a imprensa] porque não queria polêmica. Eu só tenho que jogar futebol e ajudar minha equipe", disse o craque, que completou: "Eu vim para ganhar."

Neymar é eleito o melhor jogador da vitória do Brasil

"Hoje eu me senti muito melhor. Que eu possa melhorar cada vez mais", afirmou o camisa 10 da seleção brasileira.

Tite destaca alto nível de Neymar

Também na coletiva de imprensa, o técnico Tite garantiu estar satisfeito com a atuação do atacanta do Brasil.

"Neymar ficou três meses e meio sem jogar uma partida. Alto nível, isso é muito. Um atleta de alto nível precisaria de quatro ou cinco jogos. No jogo anterior a esse ele jogou muito, e repetiu o padrão de atuação pelo jogador de excelência que ele é", afirmou o técnico gaúcho.

Quem será o próximo adversário do Brasil na Copa do Mundo?

"A responsabilidade dele é jogar, felizmente ele está entendendo", disse Tite. "Neymar também está melhorando nesse aspecto (psicológico). Tem que ficar focado. Quando gastamos energia em outras situações que não seja jogar, perde o foco. Ele gosta de jogar, gosta do drible, às vezes tem incompreensão dos adversários porque é muito ágil, rápido", analisou o treinador da seleção.

Brasil vence o México com show de Neymar e internet vai à loucura