Esportes Chapecoense derrota o CRB e segue disparado na liderança da Série B do Brasileiro

Chapecoense derrota o CRB e segue disparado na liderança da Série B do Brasileiro

Lutando pelo acesso, a Chapecoense passou aperto no Campeonato Brasileiro da Série B. Neste sábado, os comandados do técnico Umberto Louzer receberam o CRB, na Arena Condá, em Chapecó (SC), abriram vantagem e tomaram o empate, mas buscaram a vitória por 3 a 2, em duelo válido pela 28.ª rodada.

Os donos da casa marcaram com Mike e Anselmo Ramon, antes dos 10 minutos, e se aproximaram do triunfo com uma grande etapa inicial. No entanto, no segundo tempo, os visitantes buscaram a igualdade com Wesley, batendo pênalti aos oito, e Lucão do Break, de cabeça, aos 29. Foguinho, aos 35, porém, garantiu o resultado positivo para os mandantes.

Com o placar, os catarinenses seguem tranquilos na liderança isolada, agora com 57 pontos - quatro a mais do que o América-MG. Juventude, com 46, e Sampaio Corrêa, com 45, fecham o grupo de acesso ao Brasileirão de 2021. Os alagoanos vêm em 13.º com 34, cinco a mais do que o Paraná, que abre a zona de rebaixamento para a Série C.

Atuando em casa, a Chapecoense tratou de tentar resolver a partida no comecinho do confronto. Logo aos dois minutos, Anselmo Ramon deu belo passe para Mike, que teve tranquilidade para abrir o placar. Na sequência, aos sete, nova ação da dupla. Dessa vez, Mike acionou Anselmo Ramon, que bateu forte, estufando as redes, ampliando a vantagem.

Em situação delicada no jogo, o técnico Ramon Menezes queimou duas alterações com apenas 12 minutos. E o CRB deu uma ligeira melhorada, tanto que, aos 16, Lucão do Break cruzou para Iago, que mandou para fora, com perigo. Anselmo Ramon, aos 25, parou em boa defesa de Douglas Borges, que impediu o terceiro gol. Os chapecoenses ainda ameaçaram com pancada de Denner, que passou raspando o travessão.

Precisando correr atrás do prejuízo, o CRB fez mais uma alteração no intervalo e voltou para o segundo tempo pressionando. E não tardou em descontar. Wesley, aos oito minutos, converteu penalidade máxima sofrida por Luidy, que limpou Derlan e Ronei até ser derrubado por Willian.

Os nordestinos apertaram e chegaram ao empate. Aos 29 minutos, Hugo cruzou no capricho para Lucão do Break testar firme e deixar tudo igual. Os sulistas, então, acordaram e conseguiram gol importantíssimo. Aos 35, Foguinho fez linda jogada individual e bateu por cobertura para fechar o placar. Matheus Ribeiro, aos 39, ainda quase ampliou, mas Douglas Borges salvou os alagoanos.

A Chapecoense volta a campo nesta quarta-feira, de novo na Arena Condá. Dessa vez, às 19h15, recebe o Náutico. Já na quinta, o CRB enfrenta o Paraná, às 21h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Os confrontos serão válidos pela 29.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 3 x 2 CRB

CHAPECOENSE - João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joílson, Derlan e Busanello; Willian Oliveira, Ronei (Guedes) e Denner; Aylon (Roberto), Mike (Perotti) e Anselmo Ramon (Lucas Tocantins). Técnico: Umberto Louzer.

CRB - Douglas Borges; Reginaldo, Thalysson Kelven, Xandão e Luiz Paulo (Hugo); Claudinei (Alisson Safira), Wesley e Diego Torres (Carlos Jatobá); Luidy (Bill), Hyuri (Iago) e Lucão do Break. Técnico: Ramon Menezes.

GOLS - Mike, aos 2, e Anselmo Ramon, aos 7 minutos do primeiro tempo; Wesley (pênalti), aos 8, Lucão do Break, aos 29, e Foguinho, aos 35 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Busanello (Chapecoense); Xandão (CRB).

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores (SP).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Últimas