Binder surpreende favoritos, supera Morbidelli e vence etapa checa da MotoGP

A etapa da República Checa da MotoGP, terceira corrida da temporada de 2020, foi marcada por surpresas. Neste domingo, o novato Brad Binder desbancou os favoritos com uma atuação irretocável e venceu a corrida em Brno para dar a primeira vitória à Red Bull KTM na categoria.

O sul-africano é o primeiro novato a vencer na principal categoria da motovelocidade desde o triunfo de Márquez no GP das Américas de 2013. Binder largou em sétimo e escalou o pelotão rapidamente. Ele travou um duelo interessante com Franco Morbidelli, da Yamaha SRT, e levou a melhor sobre o piloto ítalo-brasileiro, que terminou em segundo.

"Hoje é o dia com que sempre sonhei", festejou Binder, que impôs um forte ritmo na prova e fechou o percurso em 41min38s764, com 5s266 de margem para Morbidelli. O pódio foi completo pelo francês Johann Zarco, da Ducati, que largou na pole.

Zarco teve de cumprir a punição da volta longa por conta de um incidente com Pol Espargaró. Mesmo assim, teve bom desempenho e conseguiu manter o terceiro posto para voltar ao pódio pela primeira vez desde o terceiro lugar no GP da Malásia de 2008.

O espanhol Álex Rins, da Suzuki, brigou pelo pódio até os metros finais, mas terminou em quarto, logo à frente do veterano Valentino Rossi, o quinto, pilotando a sua Yamaha. O sexto colocado foi o português Miguel Oliveira, da KTM Tech 3.

Líder do campeonato e vencedor das duas primeiras corridas, o jovem francês Fabio Quartararo, da Yamaha SRT, foi apenas o sétimo. Atrás dele vieram o japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda, e o australiano Jack Miller, da Pramac Ducati. O espanhol Aleix Espargaro, da Aprilia, fechou o Top 10.

O italiano Andrea Dovizioso terminou apenas na 11ª colocação e o espanhol Maverick Viñales, da Yamaha, vice-líder na classificação geral, foi só o 14º, à frente de Alex Márquez, irmão do hexacampeão Marc Márquez, que não pôde competir pois se recupera de uma cirurgia no braço direito a que foi submetido recentemente.

Com o resultado em Brno, Quartararo foi a 59 pontos e aumentou a vantagem na liderança do Mundial para 17 em relação a Viñales. Morbidelli pulou para o terceiro posto, seguido por Dovizioso, Binder e Zarco.

Os pilotos voltam a acelerar no próximo fim de semana, na etapa da Áustria, disputada no circuito Red Bull Ring, em Spielberg.