Esportes Avô serve de inspiração para talento do São Paulo na vitória diante do Guarani

Avô serve de inspiração para talento do São Paulo na vitória diante do Guarani

Um gol importante, uma atuação convincente e mais três pontos. Esse foi o saldo deixado pelo novato lateral-esquerdo Wellington, que substituiu o titular Reinaldo no triunfo de 3 a 2 do São Paulo sobre o Guarani, na quarta-feira, no estádio do Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Feliz pelo jogo, a jovem promessa buscou em suas memórias um ente querido para dedicar o bom resultado: o avô Napoleão.

"Desde pequeno, sempre sonhei com esse momento e na hora do gol passou um filme na minha cabeça. Lembrei do meu avô Napoleão (já morto). Ele sempre me levava aos treinos e foi uma alegria muito grande poder ajuda os meus companheiros do São Paulo", afirmou o jogador de 20 anos.

Wellington integra a promissora safra do CT de Cotia que vem sendo observada pelo técnico Hernán Crespo. Com a avalanche de jogos nesta retomada do Estadual em função da paralisação provocada pela pandemia do novo coronavírus, a promessa do clube tem em mente que as oportunidades dadas pelo argentino precisam ser correspondidas. "Tinha ido bem contra o Flamengo (na última rodada do Brasileiro do ano passado) e temos de dar continuidade. Acho que o desempenho do time nesses três jogos se deve ao trabalho realizado nos treinamentos".

Outro destaque da vitória sobre a equipe de Campinas (SP) foi Galeano. Escalado como ala na direita, o jogador teve participação direta no gol marcado por Igor Gomes. "Estou muito feliz porque deu tudo certo. O treinador disse que está gostando de mim nessa posição e venho me dedicando bastante. Nessa função, você precisa atacar e defender, estou cansado, mas satisfeito pela chance dada pelo treinador", comentou.

Durante o tempo de paralisação do Paulistão, Galeano disse ter aproveitado o período de treinamento para ganhar pontos com Crespo. "Estamos entendo a sua filosofia de jogo e os resultados estão aparecendo". Sem muitas chances com o ex-treinador Fernando Diniz, o jovem paraguaio espera mais oportunidades sob o comando do chefe argentino.

E o motivo tem relação direta com o seu futuro no Morumbi. Galeano pertence ao Rubio Nu, do Paraguai, e o seu contrato termina no fim de 2021. Para ficar com o atleta em definitivo, o São Paulo precisa desembolsar mais U$ 600 mil (R$ 3,1 milhões). Se tiver aprovação de Crespo, ele fica.

Autor do gol da vitória já no fim do segundo tempo, Victor Bueno destacou o elenco que Crespo tem nas mãos e vem sabendo utilizar. "Nosso elenco tem 30 jogadores e todos são muito importantes. O treinador dá moral para todo mundo e a resposta dada é a personalidade com que esse time vem mostrando nos jogos", comentou o atleta.

Nesta sexta-feira, o São Paulo faz o clássico contra o Palmeiras, no estádio Allianz Parque, sem público e com o rival pressionado pelo fracasso em duas decisões de taça na semana - Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana.

Últimas