Coronavírus

Esportes Atlético-MG vai vacinar equipe com doses oferecidas pela Conmebol

Atlético-MG vai vacinar equipe com doses oferecidas pela Conmebol

Imunizante contra a covid-19 será aplicado na delegação que vai jogar na quarta (19) contra o Cerro Porteño, no Paraguai

  • Esportes | do R7

Elenco do Galo será imunizado contra a covid-19

Elenco do Galo será imunizado contra a covid-19

Divulgação / Pedro Souza / Atlético

O Clube Atlético Mineiro anunciou, nesta segunda-feira (17), que vai aceitar a oferta de vacinas contra a covid-19 feita pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

O clube já avaliava a possibilidade desde o início do mês. Na última semana, o técnico do Galo, Cuca, afirmou se posicionou contra à imunização  e disse que, se pudesse, abriria mão da vacina em favor "de quem tem uma necessidade maior".

De acordo com a assessoria do Atlético, a decisão foi tomada após uma conversa entre o presidente do clube, Sérgio Coelho, e o secretário-geral da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) Walter Feldman. Segundo Coelho, os dois lados concordaram na importância de se imunizar jogadores que disputam partidas internacionais recorrentemente.

—As vacinas são exclusivamente destinadas aos clubes que disputam as competições da Conmebol. Não há motivo para não aproveitar esta oportunidade.

A Conmebol recebeu cerca de 50 mil doses da vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech. A carga foi enviada à entidade após um pedido feito pelo presidente uruguaio Luis Lacalle Pou diretamente aos fabricantes.

O objetivo da instituição é vacinar jogadores e técnicos dos clubes que disputam as Copas Libertadores e Sul-Americana e das seleções que vão jogar a Copa América e as Eliminatórias para o Mundial de 2022, além dos árbitros. O time do Atlético-GO foi imunizado no Paraguai na semana passada.

Últimas