Esportes Atlético-GO busca 1ª vitória no Brasileirão contra o embalado Coritiba em Goiânia

Atlético-GO busca 1ª vitória no Brasileirão contra o embalado Coritiba em Goiânia

Ainda sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO tenta desencantar diante do Coritiba neste sábado, às 16h30, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO), pela sétima rodada. A time paranaense é uma das surpresas nesta fase inicial da competição.

O Atlético vem de derrota para o xará, Atlético-MG, por 2 a 0, resultado que o deixou na vice-lanterna, com apenas três pontos. A reação precisa ser imediata para não ver os adversários na luta contra a degola se distanciarem.

O Coritiba, por outro lado, é o sexto colocado, com dez pontos. De volta à elite do futebol nacional, tem surpreendido e quer fazer mais uma vítima. Na última rodada, bateu o América-MG por 1 a 0, em casa.

A principal novidade do Atlético-GO estará no banco de reservas. Jorginho foi contratado para o lugar de Umberto Louzer. Para sua estreia, não poderá contar com o lateral Dudu, lesionado, além de Gabriel Baralhas e Léo Pereira, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Jorginho deu indícios que colocará Hayner na lateral direita. No meio de campo, Edson Fernando é o favorito, já para o lugar de Léo Pereira, a opção é Luiz Fernando. O treinador também conta na frente com o retorno de Shaylon, poupado na sul-americana.

"O que eu quero é o sucesso do Atlético-GO, que ele tenha êxito nas competições que estiver disputando. Estou muito feliz em estar de volta", afirmou o treinador.

Do outro lado, o Coritiba, de Gustavo Morínigo, terá o retorno do atacante Igor Paixão, que está recuperado de um edema na coxa. Ele desfalcou o time nos últimos dois jogos. O volante Val também foi relacionado, mas ficará entre os suplentes.

Por outro lado, o treinador não terá Thonny Anderson. Recuperado de um pisão no pé, ele está aprimorando a parte física antes de retornar. Já por opção técnica, Clayton ficou de fora.

"Temos que ter uma convicção do que estamos fazendo. Desde janeiro estamos trabalhando bem, obtivemos resultados, temos uma forma de jogo, temos jogadores de diferentes características para escolher. Duvidar, na minha cabeça, não entra nunca. Tenho essa certeza de que vai funcionar se todos estivermos juntos. Na derrota e na vitória, temos que seguir trabalhando até o final, que vamos conseguir nos manter na Série A", espera o treinador.

Últimas