Futebol Arsenal bate Wigan nos pênaltis e avança à final da Copa da Inglaterra

Arsenal bate Wigan nos pênaltis e avança à final da Copa da Inglaterra

O Arsenal evitou por pouco um novo vexame ao derrotar nos pênaltis o atual campeão Wigan, da segunda divisão, nas semifinais da Copa da Inglaterra, neste sábado em Wembley, depois do empate em 1 a 1 no tempo normal.

Os 'Gunners', que não levantam um troféu desde 2005, terão uma oportunidade de ouro de encerrar o incômodo jejum no dia 17 de maio em Wembley contra o adversário do duelo entre o Hull City, 12º da Premier League e Sheffield United, da terceira divisão, que se enfrentam neste domingo.

"Estou aliviado, porque estávamos de baixo de muita pressão", afirmou o técnico Arsène Wenger depois da partida. "Esperava uma partida complicada e não me equivoquei", completou.

Para não passar sufoco na decisão, o Arsenal que jogar melhor do que na semifinal. O Wigan, que surpreendeu a todos no ano passado ao derrotar o poderoso Manchester City na decisão, voltou a mostrar que é osso duro de roer na Copa da Inglaterra, apesar de ter deixado a elite inglesa ao final da temporada passada.

Os 'Lactics' saíram na frente aos 18 minutos do segundo tempo, quando Jordi Gomez converteu um pênalti após o alemão Mertesacker derrubar McManaman na área.

Em dia pouco inspirado, o Arsenal sofreu muito para voltar ao marcador, mas Mertesacker se redimiu ao deixar tudo igual de cabeça aos 37.

"Fomos muito tímidos no primeiro tempo, mas melhoramos na segunda etapa e mostramos caráter para buscar o empate apesar de muita gente duvidar de nos", desabafou o alemão depois da partida.

Na prorrogação, Oxlade-Chamberlain acertou o travessão, mas os 'Gunners' só conseguiram garantir a vaga nos pênaltis. Heroi da classificação, o goleiro polonês Fabianski defendeu cobranças de Caldwell e Collison e o espanhol Santi Cazorla marcou a penalidade máxima que colocou o time londrino na final.

stt/jta/lg

Últimas