Esportes Aos 34 anos, diretor da Torcida Independente morre de covid-19

Aos 34 anos, diretor da Torcida Independente morre de covid-19

Gersinho Azevedo estava na linha de frente da torcida são-paulina em ações sociais para população vulnerável durante a pandemia

  • Esportes | Kaique Dalapola, do R7

Gersinho foi vítima da covid-19

Gersinho foi vítima da covid-19

Reprodução/Facebook

O diretor-geral da Torcida Independente, do São Paulo, Gerson Azevedo, conhecido como Gersinho, de 34 anos, morreu nesta quarta-feira (24), vítima da covid-19. Ele estava há uma semana internado no Hospital Nardini, em Mauá, na região metropolitana de São Paulo.

“A arquibancada laranja [do estádio do Morumbi] está de luto. Você foi forte, lutou até o fim. Descanse em paz, irmão”, escreveu Henrique Gomes, o Baby, presidente da Torcida Independente, nas redes sociais.

Durante a pandemia do coronavírus, Gersinho esteve na linha de frente de ações sociais promovidas pela organizada para entregar alimentos e agasalhos para população vulnerável. O diretor da Independente também estava participando do processo de eleição da diretoria da Torcida Independente na região do ABC Paulista, onde residia.

Além da torcida do São Paulo, Gersinho era integrante da Torcida Esquadrão Andreense, do Santo André, e participou do período de fundação da organizada, em 2005. A uniformizada do ABC Paulista usou as redes sociais para publicar uma homenagem à vítima do coronavírus.

“Um cara sem palavras. Independente de tudo, fortaleceu a bancada andreense e nossa torcida, principalmente nos princípios da criação, sempre de coração e sem polêmica. O sentimento não tem clubismo. Andreense anda com andreense, como você mesmo já nos disse um dia”, escreveu a torcida do Santo André.

A mulher dele, Thay Bernadino, também usou as redes sociais para prestar homenagem ao marido. "Você sempre me deu rumo nas coisas, sempre tentou me mostrar os caminhos certos a seguir, sempre que percebia que algo iria dar errado, tentava me alertar, e seu sei que era difícil colocar as coisas na minha cabeça". Gersinho deixa dois filhos e a companheira.

O sepultamento aconteceu na tarde desta quarta-feira (24), no Cemitério Jardim Santa Lídia, em Mauá. 

Maior vitorioso do estádio: Rogério Ceni enfrenta São Paulo no Morumbi

Últimas