Esportes Abel Ferreira avalia evolução do Palmeiras e destaca 'força mental' dos jogadores

Abel Ferreira avalia evolução do Palmeiras e destaca 'força mental' dos jogadores

O Palmeiras atingiu nesta quarta-feira, ao golear o Atlético-GO por 4 a 0, o 100º jogo desde a chegada de Abel Ferreira, que não ficou no banco em 11 dessas partidas, por suspensões e por ter contraído covid-19. De qualquer forma, a marca foi considerada importante por envolver toda a comissão técnica, além de ter sido coroada com uma goleada, muito celebrada pelo treinador, feliz com a evolução do time, principalmente em relação ao que ele chama de "força mental".

"Nós aumentamos nosso nível de conhecimento de jogo sem bola, aumentamos nossa agressividade competitiva e aumentamos nossa força mental. Nota-se que a equipe tem crescido nesses aspectos, sobretudo na força mental para manter sempre o pé no acelerador", comentou o português, que jogos atrás reclamava da postura do time em alguns momentos.

Mais leve agora que vive uma série de sete jogos sem perder, com seis vitórias seguidas, Abel afirma que assimilou bem as críticas e conseguiu passar a mensagem que queria aos atletas. "Somos os mesmos quando erramos ou quando acertamos, ainda é a mesma equipe e o mesmo treinador. O que mudou foi que continuamos a trabalhar quando as críticas vieram, assim como trabalhamos com os elogios. Não há segredo. É trabalho duro", disse.

Ao falar sobre a marca atingida nesta quarta, Abel destacou a própria evolução como treinador e elogiou os jogadores. Quando chegou ao Palmeiras. Ele tinha experiências apenas no Braga, de Portugal, e no PAOK, da Grécia, antes de ser contratado pelo clube paulista, pelo qual venceu a Libertadores e a Copa do Brasil no ano passado.

"Tenho dúvidas se alguma comissão fez tantos jogos como a nossa no mundo, é intenso. Muito bom fazer 100 jogos, dá experiência. Sou muito melhor treinador hoje, e quem faz de mim um treinador melhor são os meus jogadores", avaliou. "É uma honra muito grande servir a esse clube e ser o treinador desses jogadores. Honra muito grande ser treinador dessa grande massa de torcedores, pela exigência que têm, completou.

A goleada deixa o Palmeiras com 58 pontos no Brasileirão, ainda na vice-liderança, dez pontos atrás do líder Atlético-MG, que venceu o Corinthians por 3 a 0. O próximo jogo é no Maracanã, contra o Fluminense, no domingo.

Últimas