R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

30 de Agosto de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Mais Esportes/Notícias

Icone de Mais Esportes Mais Esportes

publicado em 15/01/2012 às 04h45:

Zé Aldo dá show e mantém o cinturão no UFC Rio 2

Evento número 142 da empresa americana também teve bela vitória de Vitor Belfort

Do R7


Publicidade

O Brasil saiu vitorioso do UFC 142, a segunda edição do evento no Rio de Janeiro. Na madrugada de domingo (15), o peso-pena (até 66 kg) José Aldo manteve o cinturão da categoria de forma espetacular. Acertou uma joelhada no meio do rosto do americano Chad Mendes e nocauteou o adversário, faltando apenas 1s para o fim do primeiro round. Além disso, os lutadores brasileiros venceram sete duelos contra estrangeiros, e perderam apenas um.

Veja as celebridades que passaram pelo tapete vermelho UFC Rio 2

Opine: Você gostou mais do primeiro ou do segundo UFC Rio?

Aldo conquistou a 21ª vitória, terceira no UFC, em 22 combates no MMA. Já Mendes conheceu sua primeira derrota na carreira, na 12ª luta.

No segundo combate mais importante da noite, Vitor Belfort finalizou Anthony Johnson e voltou a figurar entre os principais candidatos a enfrentar Anderson Silva pelo título dos pesos-médios (até 84 kg). O americano lutou graças a um acordo feito com o brasileiro, que permitiu que ele lutasse pesando até o limite da categoria de cima, 93 kg. Com a derrota, ele corre o risco de ser demitido do UFC, já que o presidente, Dana White, não gostou da falta de comprometimento do atleta.

Veja tudo sobre o UFC Rio e o mundo do MMA

Melhores imagens do show dos brasileiros no UFC Rio

Destaque também para um erro grotesco da arbitragem brasileira, em luta de dois brasileiros. O experiente juiz Mario Yamasaki desclassificou Erick Silva, que havia nocauteado Carlo Prater, por julgar que o pupilo de Anderson Silva desferiu golpes na nuca do adversário. As imagens da TV, porém, mostraram que os socos foram legais.

Após a decisão polêmica, houve empurra-empurra na torcida, que só foi contido após a chegada dos seguranças. Wallid Ismail, ex-lutador e atual presidente do Jungle Fight, maior evento de MMA da América Latina, também ficou revoltado. Ao se retirar da área onde estava, perto do octógono, disparou contra Yamasaki: "Esse Mario Yamasaki é o pior árbitro que tem, é um m...”.

No card preliminar, destaque para a vitória de Gabriel Napão sobre Ednaldo Lula, a primeira por finalização na história do UFC Rio, já que na primeira edição nenhum combate terminou dessa maneira.

Resultados do UFC Rio 2 (UFC 142)

Card Principal
José Aldo (BRA) nocauteou Chad Mendes (EUA), aos 4min59s do 1ºround
Vitor Belfort (BRA) finalizou Anthony Johnson (EUA) aos 4min49s do 1º round
Rousimar “Toquinho” (BRA) finalizou Mike Massenzio (EUA) aos 1m03s do 1º round
Carlo Prater (BRA) venceu Erick Silva (BRA) por desclassificação aos 29s do 1º round
Edson Barboza (BRA) nocauteou Terry Etim (ING) aos 2mins2s do 3º round

Card Preliminar
Thiago Tavares (BRA) venceu Sam Stout (EUA) por pontos
Gabriel “Napão” Gonzaga finalizou Edinaldo “Lula” Oliveira aos 3min22s
Yuri “Marajó” Alcântara venceu por pontos Michihiro Omigawa (JAP)
Mike Pyle (EUA) nocauteou Ricardo Funch (BRA) aos 1min22s do 1º round
Felipe Sertanejo (BRA) venceu Antônio Carvalho (CAN) por pontos


 
Veja Relacionados:  ufc
ufc 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping