R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Mais Esportes/Notícias

Icone de Mais Esportes Mais Esportes

publicado em 13/01/2012 às 09h55:

Vitor Belfort celebra boom do UFC após ‘desbravar Amazônia’

Lutador relembra início da carreira e preconceito sofrido no Brasil

Cauê Rademaker, do R7, no Rio

Publicidade

Há pelo menos 15 anos, Vitor Belfort desfruta do fato de ser um dos lutadores de MMA mais conhecidos do mundo. Contudo, a fama nem sempre foi positiva em território brasileiro. Somente agora saboreia o fato de estar sendo badalado e idolatrado. À véspera de voltar a lutar no Brasil, o carioca relembra a trajetória do esporte.

UFC estuda ter ring girls brasileiras

- Foi como desbravar a floresta amazônica. Eu e muitos tivemos que fazer isso. Lembro que na primeira entrevista que dei, na década de 1990, o repórter me perguntou o que eu faria se alguém batesse no meu carro. Eu respondi: ‘Se batessem no do Pavarotti, ele teria de descer cantando?’. Mas investiram no UFC, apostaram no esporte e hoje o resultado está aí.

Johnson promete vencer Belfort com lição do avô

Contudo, se a modalidade explodiu nos Estados Unidos e no Japão, demorou para ganhar as ruas do Brasil. Durante alguns anos o esporte foi impedido de ser realizado no país. Quando voltou, não recebeu os grandes eventos.

Apenas no ano passado o UFC chegou ao Rio de Janeiro, em uma edição especial e repleta de estrelas, com Anderson Silva, Rodrigo Minotauro e Mauricio Shogun lutando na mesma noite.

Como conseqüência, o esporte explodiu, os atletas passaram a ser conhecidos e, aos poucos, vão se tornando em ídolos do país. Vitor Belfort, aos 34 anos, celebra o momento, voltando a lutar no país após 14 anos.

- É um prazer estar ainda em atividade, após tantos anos, lutar com caras novos e assistir ao esporte chegar a esse nível. Muitos sabem da batalha que foi, sofremos preconceitos no passado, mas hoje nossa família pode vivenciar esse esporte. Em cada esquina tem um José Aldo, um Minotauro, Anderson, Vitor. Exportamos atletas e homens de caráter.

Neste sábado (14), no HSBC Arena, no Rio de Janeiro, Vitor Belfort enfrentará o americano Anthony Johnson. A última vez que o brasileiro subiu ao octógono no país foi em 1998, quando derrotou Wanderlei Silva, em São Paulo.

 

 
Veja Relacionados:  vitor, belfort, boom, amazônia, r7
vitor  belfort  boom  amazônia  r7 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping