R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Mais Esportes/Notícias

Icone de Mais Esportes Mais Esportes

publicado em 29/09/2009 às 12h00:

Machida bebe urina e faz meditação para impulsionar treinamento

Técnicas alternativas seguem tradições da família, explica lutador brasileiro

Marcelo Freire, do R7

Atual campeão dos meio-pesados do UFC (Ultimate Fighting Championship), principal organização de vale-tudo do mundo, o brasileiro Lyoto Machida não se contenta apenas com o treinamento físico e técnico na preparação para os combates. Descendente de japoneses, o lutador utiliza métodos como urinoterapia (na qual bebe diariamente uma quantidade de seu xixi) e a meditação para alcançar melhores resultados.

Machida, 30 anos, diz que a técnica da urinoterapia é uma tradição aprendida em casa.

- É uma coisa que vem dos meus avós, dos meus pais. Foi algo estudado durante a Segunda Guerra por médicos asiáticos, que acreditavam que a urina funcionava como um remédio. Pessoas que tinham sífilis, gonorreia, doença de pele começaram a beber para sobreviver porque não tinham outra opção. Com o passar do tempo, o corpo foi se fortalecendo e eles foram se curando em três, quatro, cinco meses.

Segundo ele, o método tem comprovação científica.

- Houve uma pesquisa em cima disso, que apontou que a urinoterapia age como uma segunda filtragem no organismo. Tudo que você elimina, proteína, vitamina, funciona como um segundo remédio.

O lutador conta que pratica diariamente a urinoterapia, mas a leva "muito mais a sério" quando está em período de treinamento para um combate. Além disso, segue à risca os rituais diários, que incluem meditação e orações.

- Medito diariamente. Ao acordar, faço a urinoterapia, tomo banho, começo a fazer a meditação, me alimento e depois inicio o treinamento.

Mesmo assim, os treinamentos físico e técnico não ficam em segundo plano. Cinco horas diárias são gastas para que o corpo fique na melhor forma possível para aguentar o desgaste de um combate.


 
Veja Relacionados:  Vale-tudo
Vale-tudo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping