R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Mais Esportes/Notícias

Icone de Mais Esportes Mais Esportes

publicado em 26/08/2011 às 10h30:

Cigano vê rival de Minotauro como favorito no UFC Rio

Parceiro de treino do baiano, lutador participou da preparação para o combate

Cauê Rademaker e Diego Ribas, do R7, no Rio

Publicidade

Poucas pessoas possuem tanta propriedade para opinar sobre o aguardado confronto entre Rodrigo Minotauro e Brendan Schaub quanto o peso-pesado Junior Cigano, que assistirá o evento no próximo sábado (27) do corner do amigo e ídolo.

Acompanhe a página de MMA do R7

Parceiro de treino do baiano, Cigano participou da preparação para o combate e, reconhecendo os efeitos que os 18 meses afastado do octógono podem causar, surpreendeu ao opinar sobre o único duelo de sua categoria no UFC Rio.

- Vou ser sincero, acho que o [Brendan] Schaub tem mais chances de vencer do que o Rodrigo [Minotauro]. Mas confio muito nele. Ele tem um jab forte, está com quedas ótimas e, se for para o chão, finaliza rápido. E sei até como [risos].

Em franca conversa exclusiva ao R7, o atleta explicou, entre alguns goles de chá verde, os detalhes técnicos que podem fazer a diferença para uma vitória de Minotauro sem, no entanto, revelar o “pulo do gato”.

- Ele [Schaub] é novo, vem de vitórias e bate muito forte, mas aceita o clinch e não tem um chão afiado. Não é muito técnico, mas é perigoso.

Que fique bem claro, o talento do primeiro lutador a unificar os cinturões do Pride e UFC não é colocado à prova. Muito menos sua dedicação ao esporte.

A questão abordada é sobre a acelerada recuperação daquele que, há quatro meses, andava de muletas em decorrência das três cirurgias feitas desde fevereiro de 2010. Data em que foi nocauteado por Cain Velasquez, no UFC 110, ainda no primeiro round.

A vontade de voltar ao topo, somada à oportunidade de competir no MMA pela primeira vez no Brasil fizeram Minotauro intensificar as sessões de fisioterapia para antecipar o retorno ao octógono, fato que levantou críticas e até incertezas do próprio Cigano.

- No início eu não concordei. Mas juro que me surpreendi com a evolução dele nos treinos. Para você ter uma ideia, eu, que me considero bom de wrestling, fui derrubado por ele algumas vezes. O Pezão, que venceu o Fedor, tomou um atraso em pé do Rodrigo e teve que levar pro chão. Ele está muito bem, e confiante.

Mas, enquanto espera o aguardado duelo, Cigano, ao contrário dos atletas a sua volta, que se esforçam para bater o peso limite de suas respectivas categorias, aproveita para relaxar e ajudar a divulgar seu esporte no país. Inclusive, comemora o convite para participar de um conhecido programa televisivo. Como Cigano diz, “estou cada vez mais conhecido, mas não busco fama nem dinheiro, Quero apenas ser alguém, fazendo meu melhor”.

Veja Relacionados:  ufc
ufc 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping