Na Vila Belmiro, Santos encara um Inter cheio de reservas pela Copa do Brasil

Na Vila Belmiro, Santos encara um Inter cheio de reservas pela Copa do Brasil

Santos - Santos e Internacional começam nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, o confronto pelas quartas de final da Copa do Brasil. Para esta partida de ida, o momento das equipes é bem diferente e isso motiva uma situação pouco comum para um jogo de tamanha importância. O clube paulista está no G4 do Campeonato Brasileiro, mas o gaúcho vive uma enorme crise e hoje estaria rebaixado pela primeira vez na história à Série B. Assim, jogará com um time cheio de reservas na Baixada Santista.

Com três baixas importantes e um retorno, o técnico Dorival Júnior divulgou nesta terça-feira a lista de 23 jogadores relacionados do Santos. Os desfalques estão por conta do atacante Ricardo Oliveira, do zagueiro Gustavo Henrique e do meia Vitor Bueno, todos por problemas físicos. O primeiro se recupera de lesão muscular na coxa direita, enquanto que o segundo sofreu um rompimento num dos ligamentos do joelho esquerdo. E o defensor também se reabilita de contusão muscular na coxa esquerda.

Sem Ricardo Oliveira, Dorival Júnior voltou a relacionar Paulinho. Ele estava afastado da equipe há cerca de um mês por problemas físicos. Voltou a treinar com o restante do grupo somente na segunda-feira passada. O atacante não era relacionado desde a metade de agosto. Além de Paulinho, o treinador listou Joel, Jonathan Copete, Rodrigão e Walterson, do time B do Santos.

O zagueiro Luiz Felipe afirmou nesta terça-feira que o Santos não pode se considerar favorito por enfrentar o time reserva do Internacional. O defensor relembrou que neste ano o time da Vila Belmiro não conseguiu bater o adversário, que vai poupar os principais jogadores para priorizar a luta contra o rebaixamento no Brasileirão.

"Temos que encarar com seriedade, independente da situação do Inter. É um clube de muita qualidade e tradição, que está passando por um momento ruim. Jogamos duas vezes com eles neste ano e não conseguimos o resultado, então temos que entrar focados", afirmou o zagueiro em entrevista coletiva no CT Rei Pelé.

No Internacional, garantir a permanência na Série A para 2017 é mesmo a prioridade. O técnico Celso Roth armou uma equipe praticamente reserva para o confronto e mostrou que o foco está mesmo no Brasileirão. O comandante fez oito mudanças em relação à escalação que entrou em campo diante do Atlético Mineiro, na derrota por 3 a 1 do último domingo, que deixou o time na 18.ª colocação.

Boa parte destas novidades, no entanto, eram titulares do Internacional recentemente - casos de Artur, Fabinho, Seijas, Valdivia e Nico López. Os outros nomes que ganham uma chance são Rak, Eduardo e Eduardo Henrique.

Os únicos mantidos pelo treinador foram o goleiro Danilo Fernandes, o zagueiro Ernando e o volante Fernando Bob, que deu entrevista após o treino e prometeu um Internacional forte nesta quarta-feira, mesmo com uma escalação alternativa. "Vamos dar o nosso máximo. Quem entrar na Copa do Brasil vai dar conta do recado", disse.