Evento de luta internacional com 'falso paraguaio' causa polêmica

Adversário de Anderson Firmino tentou fazer um cartaz, mas deu tudo errado

No BoxRec, registro global de lutadores, Firmino está identificado como brasileiro
No BoxRec, registro global de lutadores, Firmino está identificado como brasileiro Reprodução/Facebook/BoxRec

Anderson Firmino, lutador e árbirto de boxe pela Federação Paulista de Boxe, se viu envolvido em uma polêmica que ele mesmo não sabe dizer como começou. 

Ele foi anunciado como atração principal de um "evento internacional de boxe" em 12 outubro, no Palestra Itália Clube de Ribeirão Preto, como adversário do atleta local, o supermédio Sérgio Santos.

O grande problema é que, no cartaz que começou a circular na internet, Firmino foi categorizado como um lutador paraguaio, de Assunção.

— O problema é o seguinte: o cartaz está errado. Eu sou brasileiro. Se está citando Anderson Firmino como lutador paraguaio, está errado. Todo mundo sabe que eu sou brasileiro.

Procurado pela reportagem, Sérgio do Valle, organizador do evento conseguiu explicar o que houve de errado. 

— É um cartaz vermelho e azul, com a fotos dos lutadores? Então, esse cartaz não é o cartaz oficial do evento. O nosso cartaz oficial vai ficar pronto hoje [nessa quarta]. Acho que quem fez esse cartaz foi o Serginho [Santos, que seria o adversário de Firmino] e ele errou. 

Segundo a organizacão, foi o próprio Sérgio Santos quem escolheu o adversário. Sérgio do Valle diz que um boxeador internacional ficaria muito caro.

— Trazer cara que não é estrangeiro para fazer luta internacional não é certo. É um desrespeito com o público, que não vai aceitar isso aí, não é verdade?

EsportesR7 também está no Youtube. Inscreva-se

A parte mais chata ficou para Anderson Firmino, que foi chamado de "legítimo falso paraguaio" nas redes sociais.

Fica a dica para você, lutador, que — cheio das boas intenções — resolve fazer o seu próprio cartaz de divulgação para o evento de que vai participar.

Evite isso. Você pode cometer erros graves que prejudiquem o próprio evento ou as pessoas envolvidas nele.

.