Torcedor do Botafogo é preso por acusação de racismo contra família do jovem Vinicius Júnior

Caso ocorreu no duelo contra Flamengo pelas semifinais da Copa do Brasil

Um torcedor do Botafogo foi detido no Nilton Santos, na noite da última quarta-feira (16), por conta acusações de injúrias raciais à família do atacante Vinicius Júnior, do Flamengo. O caso aconteceu no empate sem gols entre os dois times, na partida válida pela primeira semifinal da Copa do Brasil.

Rapidamente, o homem com a camisa branca do Botafogo foi identificado e encaminhado pelo Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) para o Juizado Especial Criminal, dentro do próprio estádio. Imagens reproduzidas nas redes sociais mostram o torcedor mostrando a pele branca em direção ao camarote em que estava a família do atacante do Flamengo. Outros homens são vistos xingando e fazendo gestos obscenos para o local onde estavam os presentes.

Assim que o caso veio à tona, o Flamengo também usou as redes sociais para lamentar outro episódio de racismo no futebol brasileiro. Vinícius Júnior deixou o estádio sem se manifestar sobre o ocorrido.  

Torcedor do Botafogo é preso por racismo contra Vinicius Júnior

Jair e Rueda chutam acusações de xenofobismo para escanteio

EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se