Tite escolhe Dani Alves como capitão diante da Inglaterra

Lateral será o jogador que mais vestiu a braçadeira sob o comando do técnico

O técnico Tite manteve o rodízio entre capitães da seleção brasileira e escolheu nesta segunda-feira (13) o lateral-direito Daniel Alves para assumir a braçadeira no amistoso contra a Inglaterra, terça, às 18 horas (de Brasília), no estádio de Wembley, em Londres.

Jogador com o maior número de partidas e convocações desta atual seleção brasileira, Daniel Alves será o capitão pela terceira vez, tornando-se o atleta que mais vestiu a braçadeira sob o comando de Tite. Depois vem Miranda, que assumiu o posto em duas oportunidades.

"É evidente que é sempre um prazer usar a braçadeira por todos os outros grandes nomes que já a usaram. Mas não me sinto nem mais, nem menos importante por ter sido o capitão algumas vezes", garantiu. "O importante é que cada um assuma a responsabilidade."

Quanto a liderar a equipe em um primeiro confronto com europeus sob o comando de Tite, Dani Alves mostrou não se impressionar com a suposta diferença em relação aos rivais sul-americanos enfrentados nas Eliminatórias da Copa.

"Não é tão diferente do que estamos acostumados a enfrentar. Os adversários sul-americanos e outros são tão difíceis quanto eles", assegurou. "É importante enfrentá-los para diversificar os adversários, as escolas. Mas é um teste que serve de preparação para nossa seleção, para nossos atletas e nosso grupo. É um teste para nós nos fortalecermos, mais do que a escola que vamos enfrentar."

Desde a chegada do novo treinador, outros 12 jogadores já ocuparam o posto. São eles: Thiago Silva, Marquinhos, Marcelo, Filipe Luís, Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto, Casemiro, Philippe Coutinho, Neymar, Robinho e Willian, este designado como capitão no triunfo sobre o Japão, na França, por 3 a 1, na última sexta-feira.

Embora Tite tenha feito mistério para definir a escalação do Brasil, Daniel Alves está confirmado como titular na linha defensiva ao lado de Marquinhos, Miranda e Marcelo, além do goleiro Alisson.

No meio e no ataque, contudo, ficaram as pendências. A tendência é de escalação de um time titular que pode ter Casemiro, Paulinho, Renato Augusto (Fernandinho ou Willian), Philippe Coutinho, Neymar e Gabriel Jesus.

EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se